Frase do dia: "Nunca encontrei uma pessoa tão ignorante que não pudesse ter aprendido algo com sua ignorância." – Galileu Galilei

Posts com tag “tecnologia

Potencial e enigmas da mente humana


Todos nós sofremos muitas vezes com nossos pequenos lapsos de memória, esquecemos geralmente onde largamos as chaves da casa, do carro, nossos óculos, CEP, nomes de ruas, etc. Mas por que motivos isso ocorre?

O matemático John Von Neumann uma vez calculou que o cérebro humano poderia armazenar um número acima de 280 quintilhões (280.000.000.000.000.000.000) de bits de memória. Estima-se que nosso cérebro tenha mais de 10¹² de neurônios, e o número das possíveis combinações entre eles (sinapses) seja maior que o número de partículas do universo. E mesmo assim, muitos de nós temos dificuldades em realizar multiplicações envolvendo números de apenas dois dígitos sem utilizar a calculadora ou até mesmo se lembrar do número do próprio celular. Dado o desleixo intelectual de nossa geração, acabamos contemplando gênios como Albert Einstein e Leonardo Da Vinci, da mesma maneira que os povos da antiguidade: como se fosse seres dotados de poderes sobrenaturais.

Performance e potencial

Conforme vimos até agora, o cérebro possui um potencial incrível. No entanto, grande parte das pessoas é cética em relação à esse potencial, dizendo que se o cérebro é tão poderoso, por que apenas algumas pessoas conseguem demonstrar essa dádiva?

Tony Buzan, criador dos mapas mentais e dos campeonatos de memória, fez uma pesquisa que os sujeitos deveriam responder a cada uma das perguntas a seguir:

  • Na escola, já lhe ensinaram alguma coisa sobre o cérebro, suas funções e a maneira que ele compreende novas informações, memoriza, pensa etc.?
  • Você já aprendeu alguma coisa sobre como a memória funciona?
  • Você já aprendeu alguma coisa sobre como os olhos funcionam e como utilizar esse conhecimento em seu benefício?
  • Você aprendeu alguma coisa sobre a natureza da concentração e maneiras para exercitá-la?
  • Você aprendeu a importância de se utilizar palavras-chave nas suas anotações?
  • Você aprendeu algo sobre criatividade?

Para todas as perguntas as respostas foram não. De acordo com as respostas listadas anteriormente, creio que não deva existir mais qualquer dúvida sobre o motivo pelo qual o potencial de nossos cérebros não corresponde à performance alcançada pela maioria das pessoas.

Os gênios

De acordo com a psicologia gênios são pessoas que produziram uma obra de valor inestimável e capazes de mudar os paradigmas da humanidade. Também é compreendida pela psicologia que a inteligência é a capacidade muito geral que uma pessoa tem de raciocinar, planejar, resolver problemas, pensar de maneira abstrata, compreender idéias complexas e aprender. É claro que existem pessoas premiadas pela loteria que a genética promove a cada nascimento. Também é inegável que uma alta inteligência pode ser preditora de um grande sucesso pessoal e acadêmico. Mas será a inteligência a única explicação para certas pessoas serem tão bem sucedidas em seus campos de atuação? Você certamente discordaria disso se desse uma olhada no boletim escolar ou no histórico profissional de alguns dos grandes gênios de nosso passado.

Raramente uma grande cientista se destacava na sua infância, muitos deles eram rotulados como lentos, incapazes e até mesmo de estúpidos. O renomado matemático Henri Poincaré foi julgado como imbecil após se submeter ao teste de QI de Binet. Thomas Edison, inventor da lâmpada e de outras 1.903 invenções, foi considerado lento na escola.

Para que pensar?

Para você ter uma idéia, antes da invenção do primeiro alfabeto linear (por volta de 1700 a.C., pelos fenícios) todo o processo de transferência de informação era oral e, para tanto, esses povos precisaram desenvolver técnicas eficazes de memorização, de forma a assegurar sua unidade política, social e religiosa. Assim, os povos antigos foram as mentes mais brilhantes que existiram no planeta.

Graças ás facilidade que existem nos dias atuais, como por exemplo, agendas, celulares, computadores, produtos eletrônicos em geral acabam atrasando ou muitas vezes impedindo esse desenvolvimento intelectual. Ainda que estejamos na era da informação, os seres humanos estão pensando cada vez menos. O que está escrito aqui não é para condenar a tecnologia, o grande problema está no uso da tecnologia como muleta e não com ferramenta para o desenvolvimento humano. Quando nos apoiamos de mais no que a tecnologia nos proporciona, tornamo-nos cada vez mais incapazes de pensar e presas fáceis para as diversas doenças degenerativas,  como Alzheimer e Parkinson.

Portanto exercite seu cérebro e comece a ler cada vez mais, tornando-se alguém com cada vez mais informação e saúde. Para aqueles que realmente desejam ler algo de interessante sobre o assunto, eu indico o livro Mentes Brilhantes do autor Alberto Dell’isola, que é detentor de dois recordes latino-americanos de memorização. Em seu livro você irá encontrar maneiras de melhorar sua memória, aprender leitura dinâmica, desenvolver a criatividade, ter raciocínio rápido, gravar em minutos aquilo que antigamente levava horas, e técnicas com mapas mentais.

“A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original.” – Albert Einstein

Fonte: livro Mentes Brilhantes

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


Pra que pensar agora no twitter!


Nosso blog está crescendo, e para melhorar ainda mais a comunicação com você leitor agora estamos no Twitter, e você pode ver e se atualizar sobre as maiores novidades aqui do site. Então o que está esperando? Siga-nos já no Twitter !! E se você ainda não está, entre em nossa comunidade no Orkut !!!

Obrigado!


Tecnologia boa ou ruim? Para onde caminhamos?


RoboNão temos dúvidas de que nos dias de hoje a tecnologia tem ocupado cada vez mais um lugar importante em nossas vidas, e está avançando cada vez mais, a ponto de até se tornarem parte de nossos corpos sendo assim, olhos biônicos, mãos mecanizadas, pernas, e até mesmo corações artificiais existem para nosso próprio beneficio. Estamos caminhando para uma era onde tudo está para começar a pensar por si só, claro exemplo disso é a internet que está cada vez mais avançada, quando antes era necessário uma viajem de 24 horas ou até mais para podermos ir ao Japão, com a internet em apenas alguns minutos podemos conhecer esse grandioso país. A internet dos tempos modernos diminui distâncias, realiza trabalhos, e até de certa forma pensa.

Mas tudo isso só é possível, pois ainda possuímos certo controle sobre esses objetos. A tecnologia está avançando de uma forma tão inacreditável, que possuímos casas que pensam sozinhas. Chegará um dia em que nós humanos seremos substituídos por máquinas como essa mostrada no vídeo, se é que esse dia já não chegou, pois com o surgimento de máquinas cada vez mais rápidas e produtivas, a taxa de desemprego vem aumentando mais a cada ano. Objetos que faziam apenas o que mandávamos antigamente estão começando a fazer o que bem entendem ou que julgam certo, e a qualquer momento poderemos perder esse controle, e até mesmo sermos controlados por esses objetos. Para onde estamos caminhando? Até onde vai isso tudo? Será que um dia seremos apenas fantoches para a diversão de nosso microondas?

“A tecnologia moderna é capaz de realizar a produção sem emprego. O diabo é que a economia moderna não consegue inventar o consumo sem salário.” – Hebert de Souza

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.