Frase do dia: "Nunca encontrei uma pessoa tão ignorante que não pudesse ter aprendido algo com sua ignorância." – Galileu Galilei

Posts com tag “política

Conflitos por todos os lados… e o que nós fazemos?


Às vezes o povo brasileiro deveria ser mais forte, ou simplesmente um pouco mais inteligente. Enquanto muitos jovens se esforçam estudando cada vez mais por um futuro melhor, 3,4 milhões não estudam nem trabalham (fonte: eBand). Não fazem nada. Se o futuro da nação são os jovens, acredito que acabei de citar o principal motivo do “por que” da nossa estar tão atrasada em relação a outras como Estados Unidos e Japão. Estudar faz com que desenvolvamos um raciocínio crítico, e faz com que não nos conformemos com coisas erradas que vemos no nosso dia a dia.

Este é o comentário de um vloger, que coincide um pouco com minha opinião. (Desculpem os palavrões do vídeo, apenas ignorem).

“O povo não deve ter medo do governo, o governo é que deve ter medo de seu  povo.” – V de Vingança

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.

Anúncios

Certo e Errado


Uma pessoa pode viver uma vida inteira pensando que tudo que faz é certo ou errado. Nascemos, vivemos e morremos sabendo o que é certo e errado. Não desagradar os outros é certo! Não roubar é certo! Matar é errado! Por quê acreditamos nessas coisas, e principalmente por quê seguimos tais regras?

Desde quando nascemos nossos pais mostram o que é certo e errado, colocam todos os dias em nossas cabeças regras e mais regras que ditam nossas vidas muito provavelmente até o dia de nossa morte. Simplesmente acreditamos neles, porque são nossos pais, os consideramos como a verdade absoluta das coisas sem questionar.  Dessa maneira sabemos desde pequenos o que é certo e o que é errado. Mas se aprofundarmos mais nesse pensamento chegaremos a simples questão: “Mas quem falou para as pessoas o que é certo e o que é errado?”.

A resposta para essa questão é:  as leis. As leis ditam o que é certo e o que é errado. Seguimos nossas leis, que foram criadas para manter a ordem e a civilidade entre as pessoas. As leis por sua vez, foram criadas por outras pessoas, que baseados nos ensinamentos cristãos e colocaram em prática criando as leis que conhecemos hoje. Mas quem disse que o que a lei diz é certo?

Elas foram criadas por nosso poder legislativo, que pode criar qualquer tipo de lei, desde que seja aprovada por uma maioria de políticos.  Mas essas leis e regras são o que ELES consideram certo e errado, não seguimos o que consideramos certo e errado, mas sim o que 1 pessoa considera certo ou errado. O individualismo nos é tirado a partir do momento em que nascemos quando tomamos nossos primeiros tapinhas quando fazemos algo que naquele momento parece errado para nossos pais.

Mas a lei não deve ser vista como algo inquestionável. Temos esse poder de questionar, ainda mais quando aqueles que deveriam melhorar nosso país criam leis aumentando seus salários.

Não decidimos o que é certo ou errado, a socidade é quem nos diz, portanto nada é certo nem errado!

Devemos questionar o que é certo e o que é errado. Quando chegar a uma conclusão, a única conclusão certa é que não existe certo e errado. Quando dizemos que algo é certo ou errado é baseado em nossos princípios, e na grande maioria das vezes não se trata de CERTO ou  ERRADO, mas sim de o que nos agrada e o que não agrada. Baseado nisso, punimos nossos filhos, criamos nossas leis, escolhemos nossas crenças, ditamos nossa vida. O conceito de certo e errado talvez tenha sido a pior idéia da humanidade, que ao invés de apenas viver em harmonia, ficou pensando/escrevendo/ditando o que é certo e errado. A partir do momento em que criamos o conceito de certo ou errado criamos religiões, que foram se apoderando do pensamento humano e definindo seus próprios conceitos de certo e errado, e mais tarde de bem e mal, que no fim acaba sendo a mesma coisa, apenas mais uma forma de manipular as massas.Você não deve se vestir como todos se vestem, nem pensar da forma como todos pensam.

Não digo que não devemos mais obedecer a regras e desrespeitar leis, mas que apenas criemos o bom senso de questionar se o que fazemos é certo ou errado, até que chegue o momento em que não haja mais certo ou errado, e tudo que restar seja viver a vida.

“Não digo que você está errado, nem certo, apenas sei que eu estou certo, e nada mais.” – Vinícius Watanabe

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


61,8% poderia fazer desse país um lugar melhor


Se você recebesse um aumento de 60% no seu salário, o que faria? Talvez usasse para comprar um carro novo, mobílias para sua casa, investiria em algo, pagaria suas contas atrasadas ou simplesmente guardaria para necessidades futuras.

Hoje, dia 15 de dezembro, o Senado Federal aprovou um projeto para aumentar o salário dos parlamentares, do presidente da república, vice e ministro dos estados (apenas para não perder o costume) em 61,8%. Esse número é referente ao aumento do salário dos parlamentares e ministros, já o do presidente da republica e do vice será de 133,9%.

É impressionante como eles aumentam os próprios salários de forma tão simples, sendo que 279 votos foram a favor, 35 foram contra e 5 abstenções. Ainda bem que existe uma minoria de políticos talvez “bons” que ainda tem algum senso de respeito pela população. Mas uma coisa que me deixou um tanto intrigado… os 5 que se abstiveram os votos, por que fizeram tal coisa?  Não têm opinião a respeito do próprio salário? Estavam  sem vontade de votar? Ou simplesmente pensaram “ahh… a votação já ta ganha mesmo não vou fazer diferença!”? Fico imaginando o motivo pelo qual se abstiveram.

Mas pensemos um pouquinho a respeito desse assunto. Com um aumento de pouco mais de 60% do salário dos políticos, se somarmos a quantidade total de dinheiro que eles receberão a partir de fevereiro do ano que vem, perceberemos que milhões de reais a mais irão para os bolsos deles e ao mesmo tempo sairão da “poupança publica”. O que me faz pensar, então que quando você cidadão ligar para aqueles serviços de atendimento da prefeitura fazendo o pedido de melhoramento de calçada publica, arrumar buracos que somos obrigados a desviar nas ruas, ou até mesmo para cuidar de coisas mal feitas pelo próprio governo e eles falarem que estão sem verba já saberemos o porquê de verbas estarem faltando. Com todo esse dinheiro que eles embolsarão escolas melhores poderiam ser construídas, rodovias melhoradas, hospitais novos com funcionários mais bem preparados para que não cometam erros como aplicar vaselina liquida em pacientes, o salário dos professores poderia ser melhorado e até mesmo dos lixeiros e policiais que fazem um excelente trabalho durante nosso dia a dia e pouco notamos. Pessoas com condições de vida miseráveis poderiam ter oportunidades melhores com esse dinheiro, sem teto poderiam ter moradias. Esse dinheiro poderia ser convertido em infinitos benefícios para o bem estar da população, mas ao contrário disso esse dinheiro provavelmente vai ser transformado em um carro extremamente caro, ou em uma mansão nova, e por que não gastar com a escola dos filhos na suíça, afinal a educação de nossas crianças é importante, e no Brasil ela é levada a sério, por isso os filhos de políticos estudam em escolas particulares no exterior.

Eles votam em projetos que nós cidadãos nem sempre aprovamos e que sabemos que será ruim para todos. Onde estão nossos direitos? Temos que mostrar que não concordamos com certas decisões deles, e que esse país também é nosso. Uma coisa para você refletir. Por que será que os políticos sempre aumentam os salários no fim do ano? Poderia ser apenas porque o ano acabou e é quando devemos planejar o próximo ano. Mas acredito que seja porque é a época de natal e ano novo, quando as pessoas geralmente estão mais ocupadas com os preparativos das festividades, presentes, mais gastos desnecessários, mais dívidas com as sanguessugas capitalistas e esquecem ou não prestam atenção no que ocorre no restante do país. O natal é época de comemorar, mas o que comemoramos? Desculpe-me, mas se você diz que comemora o aniversário de Jesus Cristo você é um tremendo mentiroso. Todos apenas ligamos para nossos próprios umbigos. Os presentes que receberemos. Aquelas coisas que queríamos o ano inteiro, mas apenas recebemos no natal. Mas enquanto você está feliz com seu presente que recebeu e provavelmente se esquecerá dele uma hora, pessoas ainda passam fome no mundo, morrem de frio e vivem em lugares indignos de um ser humano habitar. Preste um pouco de atenção à sua volta, o natal não tem mais o sentido que realmente deveria ter, de propagar a paz e esperança pelo mundo. Graças à políticos que estão nos assaltando, o Brasil continua um país atrasado e ainda mais desigual em questões sociais. Mas eles não são os únicos culpados, você que está ai sentado agora também é culpado de tudo isso.

Devemos mostrar nosso poder, o brado retumbante de um povo heróico, que discorda e que deveria estar presente neste país. Afinal, reclamar e não fazer nada nunca funcionou muito bem para essa nação, que tal mudar um pouco agora? Uma pequena canção para que se lembrem de algo que muitos ja se esqueceram.

“Ouviram do Ipiranga as margens plácidas / De um povo heróico o brado retumbante, / E o sol da liberdade, em raios fúlgidos, / Brilhou no céu da pátria nesse instante. / Se o penhor dessa igualdade / Conseguimos conquistar com braço forte, / Em teu seio, ó liberdade, / Desafia o vosso peito aprópria morte! (…)” – Hino Nacional Brasileiro

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


Número de pessoas estúpidas no Brasil passa de 1 milhão


A população brasileira está crescendo rapidamente. Em 2000 o censo demográfico realizado no país registrava cerca de 169.590.693 habitantes, e segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), nesse ano (2010) a população brasileira está em 192.304.735 habitantes.

Veja no link, sobre uma noticia do Jornal Nacional:

G1 Globo – Jornal Nacional

Durante as eleições desse ano, o candidato a deputado federal Francisco Everardo Oliveira, também conhecido como Tiririca, foi o candidato a deputado mais votado, conseguindo mais de 1,3 milhão de votos. Esse é um grande dado estatístico para definirmos o número de pessoas imbecis no país. Agora o caso dele está sendo julgado, e conseguiram que o juiz de a sentença até o dia 17 de dezembro, quando o Tiririca estará diplomado. O que foi isso? Ele conseguiu burlar a justiça? Ele deu o clássico “jeitinho brasileiro”? Talvez, mas acho que a realidade dos fatos é outra. Sinceramente, acredito que grande parte desses votos veio de pessoas que diziam: “Eu não sei em quem votar. Todos são ruins, então vou votar no Tiririca mesmo, porque não vai fazer diferença.”. Aí que tá, mais de 1,3 milhões de pessoas acharam que não faria diferença para o país. Isso é uma vergonha para a população brasileira, que só sabem reclamar de tudo. “Olha como as coisas estão!”, “O governo não faz nada!”, “Todos os políticos são ladrões!”. A verdade é que existe uma situação totalmente errada neste país, não existe? Crueldade e injustiça, intolerância e opressão. […]

De quem é a culpa? Com certeza existem aqueles que são mais responsáveis do que outros, e eles vão ter que prestar contas. Mas verdade seja dita, se procuram os culpados, só precisam se olhar no espelho. Estamos vivendo momentos que não sabemos mais discernir o certo do errado, ou talvez o melhor para nós e o pior, já que não acredito muito no significado de certo e errado.

Se acha que o país está ruim. Que os nossos políticos e governantes não fazem nada a não ser nos roubar. Gritem. Saiam nas ruas. Não temos que ser governados por quem não queremos. A justiça nesse país está perdendo o sentido, quando pessoas com mais dinheiro que outras podem simplesmente pagá-la para ser vendada. Se não gostamos de um candidato simplesmente temos o poder de mudar. “O povo não deve temer seu estado. O estado deve temer seu povo.”  Afinal, igualdade, justiça e liberdade são mais que palavras, são perspectivas.

“Os artistas usam a mentira para revelar a verdade, enquanto os politicos usam a mentira para esconde-la.” – V for Vendetta (V de Vingança)

Comentem

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


Adestramento populacional


Com o aumento do valor dos impostos pagos nos dias de hoje, e o real serviço prestado por nossos “coronéis” que governam de forma cada vez mais parasitária neste circo em que vivemos, observamos que para o futuro apenas deixaremos para nossos filhos e netos nosso suor derramado sobre o solo seco de um país quase esgotado.

A educação neste país está cada vez mais precária, e acredito que esse sistema já passou da hora de mudar. Nada aprendemos nas escolas, apenas absorvemos o entendimento de nossos professores que nos injetam aquilo que lhes foi injetado.

Com o passar do tempo, aquela necessidade de questionar foi se perdendo, e o fato de que as pessoas estão ficando cada vez mais desinteressadas e mal informadas faz com que fiquemos com a mente cada vez mais mal formada.

Essas pessoas com o raciocínio crítico mal formado tornam-se facilmente marionetes na mão manipuladora da mídia, que através de nossos televisores nos hipnotizam com suas propagandas tão inteligentes, que nos ilude, fazendo-nos pensar que realmente precisamos de algo que para nós no momento pode proporcionar um pouco mais de ordem e progresso,mas que quando caímos na real, percebemos que apenas enchemos as cuecas de nossos políticos.

As vezes me pergunto: “Por que não é investido tanto dinheiro em educação, quanto deveria ser investido, já que a educação é a base para o bom desenvolvimento do país?”. E é quando me vem a resposta. Embora o futuro do país esteja nas mãos dos jovens de hoje, não investir em educação deixando nossos jovens nessa obesidade mental é uma estratégia política para que não seja ouvido o brado retumbante de um povo que supostamente deveria ser heróico.

“A preguiça é a mãe do progresso. Se o homem não tivesse preguiça de caminhar, não teria inventado a roda.” – Mário Quintana

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


Veja, pense e reflita


Sinceramente… concordo com ele. Acho que não tenho nem o que comentar.

E você o que pensa? Comente este post.

“Um político divide os seres humanos em duas classes: instrumentos e inimigos.” – Friedrich Nietzsche

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


Ditadura dos ridículos


Entendo que muitas vezes os políticos exageram em seus discursos, e chega a parecer que é sempre o mesmo discurso de todos os anos, prometendo educação, saneamento básico, melhor segurança, melhores condições de vida, e blá blá blá… mas não acha uma vergonha debater sobre saneamento básico e problemas da educação num país que os candidatos à política já estão a mais de 20 anos prometendo resolver esses problemas? Em certos momentos chego a acreditar que eles não resolvem esses problemas apenas para ter um discurso nos próximos anos.

Mas uma coisa pior do que as promeças super manjadas deles é a palhaçada que virou o horário eleitoral. Os candidatos parecem que a cada ano estão mais ridículos e caras de pau. O horário dedicado à propaganda eleitoral obrigatória (dá a impressão até de que estamos vivendo uma ditadura) se tornou num tremendo círco neste ano, pessoas que não têm a menos vocação política resolveram se candidatar. Tiririca, Maguila, Sérgio Malandro, Kiko do KLB, Mulher Pêra (sinceramente acho que esse foi o cúmulo) entre muitos outros que só estão lá pelo salário que é tremendamente uma vergonha para este país, onde a população trabalha durante 4 meses e 28 dias apenas para encher os bolsos desses nossos governantes de dinheiro.

Um dado que me deixou muito abalado e ao mesmo tempo descontente com a ignorância e falta de questionamento das pessoas, foi saber que 40% dos analfabetos acreditam que se alguém é eleito para um cargo público, deve usá-lo em benefício próprio. Esse é um dado tirado da Revista Veja de 22 de agosto de 2007, mas que acho que é o ponto de vista dos brasileiros até hoje.

E você… o que pensa? Se é que pensa. Também acredita que o políticos devem usar os cargos em benefício próprio?

“Errar é humano. Culpar a outra pessoa é política.” – Hubert H. Humpherey

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


Sentenciando a pena de morte


Em muitos países a pena de morte é considerada a solução para controlar criminosos que cometem atrocidades contra as pessoas, países esses que possuem o índice de criminalidade muito reduzido em relação aos países como o Brasil que não possuem tal penalidade em sua legislação. Será mesmo certo matar uma pessoa por ela ter cometido ume de assassinato premeditado ou estupro?

A pena de morte já foi abolida em vários países do mundo, mas em países como Estados Unidos, China, Afeganistão e etc., ela ainda é permitida caso o criminoso cometa um crime premeditado, e também é usada para reprimir espionagem, estupro, adultério e corrupção.

Por um lado a pena de morte deveria ser válida no Brasil, pois a violência aqui cresce mais e mais a cada dia, as pessoas não podem mais sair livremente de casa, saem desconfiadas de tudo e de todos e muitas acabam se aprisionando em suas casas com cada vez mais grades e sistemas de segurança, quando o verdadeiro criminoso é quem deveria estar preso. O mundo de hoje não é mais como antigamente quando sentávamos traquilamente na calçada de casa e conversávamos com os visinhos. Atualmente costumamos não sair com tanta frequência de casa, dessa forma criando certa solidão em nossas vidas, e a falta de comunicação faz com que não conheçamos ao menos a pessoa que vive na casa ao lado.

Não se vê discussões com muita frequência sobre esse assunto na mídia, e se saíssem perguntando se é certo matar alguém que comete crimes muito graves a resposta politicamente correta seria: “Isso não é certo, pois somos todos seres humanos e merecemos o direito de viver”. Mas gostaria de ver a mesma pessoa dizer isso após ter uma pessoa com quem se importasse assassinada ou coisa pior.

Por outro lado, não se deve exterminar o criminoso, mas sim as razões que levam esse criminoso a cometer tal crime. Todos são seres humanos, devem ser livres e ter direito à vida.

E você… Acredita que a pena de morte poderia resolver muitos problemas do Brasil? É certo matar alguém que mata outras pessoas? E se a pessoa a ser julgada, por algum engano fosse você? O que você faria?

“Se quiseres poder suportar a vida, fica pronto para aceitar a morte.” – Sigmund Freud

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


Pense antes de votar


Durante os últimos dias tenho percebido que as ruas estão ficando cada vez mais movimentadas e barulhentas, e o respeito que deveria existir com as pessoas está cada vez menos presente em nosso dia a dia.

Acredito que você também já deve estar se cansando das malditas propagandas políticas onde são colocados alto-falantes em cima de carros grandes, e sempre tem uma pessoa falando que você DEVE votar em determinado candidato. Essa barulheira infernal é chamada de poluição sonora, que é quando inúmeros barulhos são emitidos ao mesmo tempo a ponto de deixar as pessoas irritadas. Sinceramente eu achava que quando acabasse a copa do mundo a barulheira iria acabar, mas pelo visto estava errado.

Nossos políticos sempre vêm com os mesmos clichês em seus discursos, dizem que irão construir isso, fazer aquilo e que tudo isso irá beneficiar a população mais pobre. Nunca vemos na televisão políticos andando em meio às pessoas mais ricas, justamente porque a pobreza em nosso país é muito grande e andando e cumprimentando as pessoas mais pobres eles conseguem seus votos facilmente graças ao dinheiro ou pequena ajuda que lhe são dadas. Ainda bem que eles têm consciência de que no Brasil ainda reside muita pobreza, caso contrário ao invés de dar atenção à população mais pobre, seriam dados maiores investimentos para aqueles que são os donos do país.

Mas agora pense bem antes de colocar uma pessoa no poder, pois não existem apenas políticos ruins, também existem bons representantes para o país, só que esses estão quase sempre em último lugar nas pesquisas e possuem menos propaganda ou então não são tão eficientes quanto à de políticos mais fortes.

O salário de um político é muito alto aqui no Brasil, e é um dos que dão mais gastos para o país no mundo. Enquanto que existem países que seus representantes não recebem nenhum centavo para exercer esse poder, dessa forma eles devem trabalhar pelo povo e não pelo dinheiro.

Então em quem devemos votar? Vote naquele que você acredita que poderá fazer do Brasil um país melhor, e não porque ele te deu dinheiro que vai durar até o final do mês. Afinal, o país está na ponta do seu dedo.

“Os políticos não conhecem nem o ódio, nem o amor. São conduzidos pelo interesse e não pelo sentimento.” – Philip Chesterfield


Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


Misdirection


A evolução do Homi

Enquanto estamos todos preocupados com a África do Sul, e não saímos da frente de nossas televisões ou rádios aguardando incansavelmente por noticias da querida Jabulani, esquecemos de voltar nosso nacionalismo para o bravo  BraZil.

Para os mais desinformados neste ano de 2010, teremos as eleições para Presidente, Governador, Senador, Deputado Federal e Deputado Estadual. E o barulho seco dos chutes na Jabulani torna vago e longínquo o eco dos sopapos verbais trocados entre Serra e Dilma. A dupla continuará no noticiário. Ele com seu dilema hamletiano: criticar ou não criticar? Ela com sua nova identidade: Lulilma Roussilva. Porém qualquer noticia que não venha da África do Sul é entediante. As pessoas nesse ano não sabem em quem irão colocar para governar nosso país durante os próximos 4 anos. E depois uma olha para a cara da outra e fala que o presidente não sabe governar direito; os políticos não fazem nada direito, quando na verdade é a população que volta toda sua atenção para o lugar errado nas horas erradas. Enfim continuem a torcer pelo Brasil, quem sabe o culto treinador da seleção não se candidate nas próximas eleições, assim saberemos em quem votar. Mudem de canal de vez em quando e assistam a outros programas como este também:

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.