Frase do dia: "Nunca encontrei uma pessoa tão ignorante que não pudesse ter aprendido algo com sua ignorância." – Galileu Galilei

O tempo voa


Já teve a impressão de que o dia tem menos de 24 horas? Ou então que ele demora muito para passar?

Afinal, o que é o tempo e para que ele serve?

Nós vivemos na constante movimentação e agitação do dia a dia, indo para a escola, trabalhando, comendo, planejando, descansando, estudando, etc. Mas para que essas tarefas sejam feitas temos que ter uma ordem, um sistema de organização. O homem ao longo do tempo observou que o sol passa diante de nossas cabeças todos os dias e logo é consumido pela escuridão da noite. Para que pudesse se organizar de uma maneira melhor, ele inventou o sistema de contagem do tempo, onde os anos possuem 12 meses com 30 dias cada mês, e cada dia possui 24 horas com 60 minutos cada. Você provavelmente já deve saber disso, mas a questão é, para que ele pudesse se organizar ele teve que inventar esses parâmetros de organização do tempo, e isso fez com que dependêssemos cada vez mais dessa forma de ver o tempo.

Essa dependência cria em nossos cérebros um tipo de sequência desse tempo, o que faz com que quando nos divertimos ou realizamos tarefas as quais estamos focados ou interessados por muito tempo, não prestamos atenção na forma que passa essa sequência, fazendo com que adotemos a última coisa que estávamos fazendo como ponto de referência de tempo. Aí temos a impressão de que o tempo passa mais rápido ou mais devagar se você ficar prestando atenção de mais nessa sequência temporal, como por exemplo, quando queremos que o dia passe mais rápido ou simplesmente estamos entediados.

Geralmente distinguimos a passagem do tempo em três categorias, sendo essas: passado, presente e futuro. Mas alguns físicos possuem teorias de que essa divisão que fazemos não existe. O fato de imaginarmos o tempo como se fosse uma linha contínua em nossas mentes faz com que criemos essas categorias. Para esses pesquisadores o tempo não passou nem está para passar, ele apenas está. É como se ontem não tivesse existido e o amanhã não está para acontecer, tudo que deveria acontecer está acontecendo agora de uma única vez. Portanto viagens para o passado seriam impossíveis, e para o futuro existiria apenas graças à teoria de Einstein que dizia que se fosse possível viajar a uma velocidade próxima à da luz, o tempo passaria “mais devagar” para nós e “normal” para aqueles que não estão nessa velocidade, possibilitando assim que fôssemos para tempos mais adiantes… O que na verdade quer dizer que não estaríamos avançando no tempo, apenas faríamos passar “mais devagar” para nós.

Portanto não perca seu tempo (se isso for possível, claro), faça o que tem para fazer agora, pois o tempo não para nem volta, aproveite cada segundo da melhor maneira possível, assim não haverá arrependimentos no último segundo.

“Perder tempo em aprender coisas que não interessam, privá-nos de descobrir coisas interessantes.” – Carlos Drummond de Andrade

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s