Frase do dia: "Nunca encontrei uma pessoa tão ignorante que não pudesse ter aprendido algo com sua ignorância." – Galileu Galilei

Ignorância, a doença dos tempos modernos


Você acha que vê o mundo de forma certa? O mundo a sua volta é um lugar pacífico e feliz? Sinto muito, mas talvez você esteja sofrendo da mesma doença que grande porcentagem do mundo também sofre. Mas não se preocupe, ela é muito comum nos dias de hoje, para falar a verdade, sempre foi comum desde que o homem se tornou mais inteligente e consciente. Essa doença pode ser controlada (infelizmente não há cura ainda). Estamos falando da ignorância, também conhecida como “falta de pensamento crítico ou conhecimento”, “síndrome do cérebro dormente” ou “imbecilidade” “cegueira daqueles que ainda enxergam”.

Seus sintomas principais são:

Baixa percepção dos acontecimentos recentes; a pessoa afetada passa a acreditar de forma plena que o mundo à sua volta é um lugar lindo e maravilhoso; acontecimentos cotidianos que não estão corretos (pessoas passando fome, guerras, caos, violência, políticos corruptos…) parecem não causar reação alguma no portador da doença; a pessoa parece se importar somente com ela mesma, parecendo não ligar para acontecimentos importantes acontecendo à sua volta; em casos mais graves a ignorância pode causa irritação à pessoas que entram em contato com o paciente; ignorância não é transmissível para aqueles que não são portadores da doença (se fosse o mundo estaria perdido), mas em contato com outras pessoas que sofrem dos mesmos sintomas pode causar agravamento no quadro de saúde mental.

Definição da doença:

A ignorância se refere à falta de conhecimento, sabedoria e instrução sobre determinado tema, ou ainda à crença em elementos amplamente divulgados como falsos. Em situação em contrapartida o ignorante estabelece critérios que desclassifiquem o conselho alheio, em prol da sua falta de conhecimento, busca estabelecer idéias falsas sobre si mesmo e o mundo que o cerca de forma errônea, que desagrade aqueles que o cercam. Ignorância é não saber, e não saber que não se sabe, ou ignorar conhecimento, omitir-se conhecer ou passar a conhecer, é negar a captação e aceitação do conhecimento científico provável e comprovado através de métodos científicos e lógicos. (fonte: Wikipédia)

O que fazer para combater a doença ?

O tratamento da doença é muito simples, basta apenas um pouco de informação e compreensão dos fatos ocorridos no cotidiano, podendo ser adquirido através de jornais, revistas, internet, televisão e principalmente bons livros que não tratem de simples histórias românticas, como Crepúsculo. Adquirir sempre o máximo de conhecimento possível e desenvolver o pensamento crítico, permitirá ao paciente enxergar o  mundo de forma mais realista.

Como saber se estou curado?

O paciente tratado passa pensar de forma crítica demonstrando alteração na forma de vida conformista, e apresenta grande melhora no quadro de pensamentos imbecis ilógicos, mostrando grande habilidade de raciocínio lógico e crítico.

Efeitos colaterais

Apenas um efeito colateral foi apresentado pelos pacientes tratados dessa doença até agora. Os pacientes tendem a se queixar de tudo que ocorre à sua volta, como se fosse uma pequena dor incômoda em seu consciente. Em casos mais graves uma simples irritação e intolerância  à outras pessoas que sofrem de ignorância.

“A ignorância é a anestesia daqueles que não querem ver.” – Vinícius Watanabe

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkutsiga-nos no Twitter.

Anúncios

Uma resposta

  1. a ignorancia e nao saber compreender a se mesmo nem as pessoas que estao a sua volta e voltar para decadencia total solitaria

    17 de julho de 2011 às 20:52

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s