Frase do dia: "Nunca encontrei uma pessoa tão ignorante que não pudesse ter aprendido algo com sua ignorância." – Galileu Galilei

Certo e Errado


Uma pessoa pode viver uma vida inteira pensando que tudo que faz é certo ou errado. Nascemos, vivemos e morremos sabendo o que é certo e errado. Não desagradar os outros é certo! Não roubar é certo! Matar é errado! Por quê acreditamos nessas coisas, e principalmente por quê seguimos tais regras?

Desde quando nascemos nossos pais mostram o que é certo e errado, colocam todos os dias em nossas cabeças regras e mais regras que ditam nossas vidas muito provavelmente até o dia de nossa morte. Simplesmente acreditamos neles, porque são nossos pais, os consideramos como a verdade absoluta das coisas sem questionar.  Dessa maneira sabemos desde pequenos o que é certo e o que é errado. Mas se aprofundarmos mais nesse pensamento chegaremos a simples questão: “Mas quem falou para as pessoas o que é certo e o que é errado?”.

A resposta para essa questão é:  as leis. As leis ditam o que é certo e o que é errado. Seguimos nossas leis, que foram criadas para manter a ordem e a civilidade entre as pessoas. As leis por sua vez, foram criadas por outras pessoas, que baseados nos ensinamentos cristãos e colocaram em prática criando as leis que conhecemos hoje. Mas quem disse que o que a lei diz é certo?

Elas foram criadas por nosso poder legislativo, que pode criar qualquer tipo de lei, desde que seja aprovada por uma maioria de políticos.  Mas essas leis e regras são o que ELES consideram certo e errado, não seguimos o que consideramos certo e errado, mas sim o que 1 pessoa considera certo ou errado. O individualismo nos é tirado a partir do momento em que nascemos quando tomamos nossos primeiros tapinhas quando fazemos algo que naquele momento parece errado para nossos pais.

Mas a lei não deve ser vista como algo inquestionável. Temos esse poder de questionar, ainda mais quando aqueles que deveriam melhorar nosso país criam leis aumentando seus salários.

Não decidimos o que é certo ou errado, a socidade é quem nos diz, portanto nada é certo nem errado!

Devemos questionar o que é certo e o que é errado. Quando chegar a uma conclusão, a única conclusão certa é que não existe certo e errado. Quando dizemos que algo é certo ou errado é baseado em nossos princípios, e na grande maioria das vezes não se trata de CERTO ou  ERRADO, mas sim de o que nos agrada e o que não agrada. Baseado nisso, punimos nossos filhos, criamos nossas leis, escolhemos nossas crenças, ditamos nossa vida. O conceito de certo e errado talvez tenha sido a pior idéia da humanidade, que ao invés de apenas viver em harmonia, ficou pensando/escrevendo/ditando o que é certo e errado. A partir do momento em que criamos o conceito de certo ou errado criamos religiões, que foram se apoderando do pensamento humano e definindo seus próprios conceitos de certo e errado, e mais tarde de bem e mal, que no fim acaba sendo a mesma coisa, apenas mais uma forma de manipular as massas.Você não deve se vestir como todos se vestem, nem pensar da forma como todos pensam.

Não digo que não devemos mais obedecer a regras e desrespeitar leis, mas que apenas criemos o bom senso de questionar se o que fazemos é certo ou errado, até que chegue o momento em que não haja mais certo ou errado, e tudo que restar seja viver a vida.

“Não digo que você está errado, nem certo, apenas sei que eu estou certo, e nada mais.” – Vinícius Watanabe

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.

Anúncios

18 Respostas

  1. “a única conclusão certa é que não existe certo e errado”

    Você não consegue ver o paradoxo dessa sua frase?

    Ora, se não existe certo e errado, então não pode haver “conclusão *certa*”!

    O relativismo é uma auto-contradição: se a frase “não há certo nem errado” está certa, ela destrói a si mesma, pois a implicação lógica é que não há certo, e portanto a frase não poderia estar certa.

    Concluindo: se o relativismo está certo, então ele está errado.

    9 de março de 2011 às 2:14

    • Muito bem pensado, mas o que eu quis dizer é que parando para pensar, não existe nem o certo nem o errado. É como dizer que a unica coisa existente fosse o nada. Eu entendo o paradoxo da frase, e foi exatamente isso que eu queria causar, porque como disse não existe certo ou errado, e dizendo que a unica conclusão certa é que não existe o certo ou o errado, estou me contradizendo, afirmando que o que estou dizendo não está nem certo nem errado para que as pessoas pensem e tirem suas próprias conclusões a partir daí. E passem a questionar o que vêem na tv, ouvem de outras pessoas ou até mesmo o que lêem neste blog (talvez tenha ficado meio confusa a explicação).

      Mas foi muito bom o seu comentário, e é totalmente válida a sua idéia.
      Obrigado pelo comentário!

      9 de março de 2011 às 22:43

  2. Cara, estava precisando ler isso!…

    27 de novembro de 2011 às 13:18

  3. Muito bom esse ponto de vista ! Concordo que não exista de fato o certo e o errado. O que existe é a opinião individual que cada pessoa tem. Sendo que o certo pode ser errado pra uma pessoa e o errado pode ser certo pra outra. Ou seja : Certo e errado são assuntos complexos e que variam de opinião em opinião.

    3 de março de 2012 às 14:26

  4. Augusto

    Interessante… eu ja tinha pensando nisso tudo que você escreveu… falei isso para meus pais e meus irmãos.. e eles me chamaram de louco e continuam me chamando de louco… sei que para eles sou louco pois não sigo oque eles consideram “senso comum”. Mas é bom saber que tem pessoas q já pensaram nisso.

    29 de junho de 2012 às 4:46

  5. Acho extremamente válida essa discussão afinal sabermos oque é certo ou errado é quase que obrigatório em qualquer sociedade , família enfim . a questão é exatamente a existência de tais normas e leis ,que todos tomam como verdade absoluta . pra mim essas questões de “certo ou errado” , “bem ou mal ” são relativeis sim . cada individuo possui suas normas e conceitos .

    20 de outubro de 2012 às 17:38

  6. Suelen

    Estava pensando sobre isso hoje e resolvi pesquisar na internet pra saber se havia outras pessoas com a mesma ideia… Vim parar aqui.

    As pessoas falam muito sobre a vida alheia, criticam seus atos, mas não sabem realmente se aquilo é errado ou certo.
    Quem disse que viver a vida desapegado é certo ou trabalhar demais e ter dinheiro é errado.
    Afinal ninguém sabe como é a vida após a morte.
    E se descobríssemos que viver “curtindo a vida” foi em vão?
    Estou cansada de filósofos e psicólogos falando qual rumo seguir em nossa vida… Eles não sabem se esta receita funciona.
    Vou continuar vivendo minha vida do meu jeito, claro que me incomodando sempre com os conselheiros de plantão, mas nunca, jamais saindo dos meus objetivos.

    Minhas idéias podem parecer confusas, mas precisava colocar isso pra fora.

    2 de junho de 2013 às 12:54

  7. lj

    O grande problema é que vivemos em sociedade e contrariar as regras pode levar-nos à prisão, a um manicómio ou a sermos postos de lado. Viver em sociedade sem seguir regras é viver infeliz, mas segui-las sem estar de acordo com elas é viver na infelicidade também. Dilema filho da pta…! Ver aqui o condicionamento social: http://www.homemalpha.com.br/comportamento-2/condicionamento-social-como-obstaculo-na-seducao/

    25 de julho de 2013 às 5:25

  8. Francisco

    Amigo, penso que você acha que pensa. Sobre certo ou errado, vou lhe dar uma ideia para que pare e pense um pouquinho apenas: faça um filho e, logo que ele tema nascido, feche-o dentro do seu quarto junto com você e fume um cigarro ou maconha ou crack lá dentro daquele ambiente fechado. isso é apenas um exemplo. Tem certeza de que não existe certo ou errado?

    14 de outubro de 2013 às 6:06

    • Renata

      Francisco, ainda com esse exemplo, penso também que não existe as definições certo e errado. Vejamos: é fato que drogas e substâncias tóxicas lícitas ou ilícitas causam danos à saúde. E isso é biologicamente falando. Mas se a pessoa sabe das consequências, tem consciência do que está fazendo e é isso o que ela quer, por que não? Isso tem que ser definido como errado por quê? Só porque ela pode ser taxada pela sociedade e consequentemente ficar às margens desta? Só porque as leis proibem no caso de drogas ilícitas? Isso não define certo ou errado. No primeiro questionamento, a sociedade vive de padrões. Sou contra eles também porque decorre deles julgamentos desnecessários e fazem com que as pessoas queiram ser melhores ou se sintam piores que as outras. No segundo questionamento, não nos resta outra alternativa a não ser seguir as leis. Mas leis estas que como nosso amigo disse, tem o intuito de beneficiar àqueles que as criam. Deixando dessa forma a individualidade de outras pessoas de fora. E quando são criadas para um bem comum, não funcionam na prática. A pessoa deve fazer o que tem vontade. Afinal, a vida é tão passageira.. independente do que ocorre (e se ocorre) após ela. Agora, entrando no caso do filho, tudo tem limite. A pessoa tem que fazer o que quer sim, mas respeitando o limite do próximo. Não importa se ele é um filho ou desconhecido. E na verdade, é isso que falta, o respeito.

      24 de novembro de 2013 às 10:43

  9. washington

    o certo e o errado , conflitos sociais , enteramente politicos , filosoficos , religiosos, eticos….etc. mais tem uma coisa que me chama muito atençao , ou saja uma palavra com muito poder de responder o anceio de uma sociedade justa , e injusta , e que nela se padesce dessa palavra, que se chama { limites} porq buscamos entendimento com inteligencia , pos achamos esse tal como conciencia , certo é tudo o que é bom , mas vc pode me dizer ,,,, ha mas o que é bom pra voce pode ser ruin pra mim ,,, mas vamos calcular aparte de dois pricipio chamado direito, e deveres….. a regra é o seguinte , que nao devemos falhar dentro do dever , e nao devemos quebra o direito pessoas ou impessoas ,
    se matemos esse entendimento e essas regras basicas como uma linha de raciocinio com entendimentos basiado naqueles principios que sitei agora pouco , vamos perceber que o certo ele é observado atraves dessa luneta chamada direito e deveres…esses sao dois principios basicos bi lateras…….ai entedemos que o certo ele nao firiu esse dois principios , e ja o errado ele feri esses dos principios. dessa forma começamos a entender e a notar que alguma coisa esta errada ai é a hora de corrije…..comenten quero resposta e que critiquem , para ter uma melhora de raciocinio na qual nao é de abisolutilidade mas de complexidade

    13 de setembro de 2014 às 1:49

  10. porque tenho que acredita em tudo que leio, ou em tudo que escrevem? pessoas que leem são mais espertas do que as que não leem? mas quem disse pra essas pessoas que oque elas escreverão estão certas? pq elas tem essa alto confiança que sabe de tudo, ou que é melhor do que as pessoas que não leem? esses tipos de pessoas pareçe que estão cegas por acha que é melhor do que os outros, ou não? muitas perguntas, muitas questões adoro tudo isso.

    1 de dezembro de 2015 às 0:38

  11. fccl

    cara se seguir esse principio de pensamento você está viajando na maionese… pensa no seguinte, se eu matar uma pessoa seguindo a logica de seu raciocinio isso parece banal não acha , pois segundo você não existe certo e nem errado….o que posso acrescentar aqui nos comentarios é o seguinte; O certo é certo mesmo que ninguem faça e errado é errado mesmo que todos façam… independente de leis … Isso é uma logica facil que todos aprendem durante a vida, com seus acertos e fracassos…

    10 de janeiro de 2016 às 17:52

  12. Que grande descoberta! Acabaram de inventar
    a roda…Será que Sócrates, Cicero, Aristóteles, Leucipo, Cervantes, pablo Neruda, Nietzsche, Sartre…enfim, será que nenhum grande pensador pensou sobre isso? Pensaram e chegaram a conclusão que não vale a pena perder tempo com um raciocínio tão simplista e anárquico. Tem uma coisa que cura esse tipo de ideologia e essa coisa se chama amadurecimento!

    27 de fevereiro de 2016 às 23:58

  13. E quanto à matemática? Se não existe o certo nem o errado…logo, 2+2=5!

    29 de fevereiro de 2016 às 22:37

    • Guilherme

      Mas isso não é a questão de certo ou errado e sim de lógica 2+2 é lógico que dá 4

      21 de março de 2016 às 10:49

  14. E fazer sexo antes do casamento é errado?

    5 de julho de 2016 às 19:07

  15. Paulo

    Existe sim um ponto de vista, o ponto de vista deixado por aquele nos marcou não somente a história sendo A.C e D.C, mais moralidade que partiu de um só homem, se não existir certo ou errado bem ou mal, logo na cabeça de alguém o tudo pode ser certo se não existe certo ou errado é o mesmo de dizer que as leis apenas existem e não são certa pois depende do ponto de vista, pode estuprar? é certo roubar? é certo o adultério? é Errado ser humilde? é errado ser um bom cidadão? é errado obedecer pai e mãe?

    Meu querido vejo que sua cabeça está lotada de um vazio extremo tente entender isso!

    A moralidade é o que prevalece.

    Ponto de vista de um ladrão que rouba ou de uma pessoa que mata na prisão é somente um: “eu sou inocente”.

    Ainda bem que existe certo e errado, ainda bem que existem leis.

    Ainda bem que Jesus mostrou o seu amor por todos deixando para nós a tua palavra para seguirmos e vivermos bem nessa terra e obtermos suas promessas.

    Esse seu pensamento é vago e sem conclusão nenhuma!
    não tem argumento nem do que é certo nem do que é errado.

    Procura algo melhor pra fazer do que tentar colocar minhoca na cabeça das pessoas com opiniões tolas e vãs filosofias.

    Vai ler a Bíblia meu querido, em algum momento você se desviou do caminho que aprendeu, se reencontre.

    Meu ponto de vista vem da bíblia aquilo que ela diz que é o ponto de vista dela aquilo que ela diz que é certo ou errado, não o que homens dizem.
    Pois a palavra por si só fala as corações daqueles que realmente querem preencher o vazio como no seu caso.

    Abraços!

    Karina Oliveira: Guarde aquilo que você tem de precioso não entregue a ninguém a sua pureza, os jovens de hoje acham que tem que perder a virgindade para não passar mico com outros amigos(A).
    E para responder a sua pergunta: Quando você se deita com uma pessoa se torna uma só carne com ela. e o correto disso seria apenas após o casamento, posso te explicar mais detalhadamente se quiser.

    pafalvarenga@yahoo.com

    24 de agosto de 2016 às 8:28

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s