Frase do dia: "Nunca encontrei uma pessoa tão ignorante que não pudesse ter aprendido algo com sua ignorância." – Galileu Galilei

Arquivo para janeiro, 2011

Certo e Errado


Uma pessoa pode viver uma vida inteira pensando que tudo que faz é certo ou errado. Nascemos, vivemos e morremos sabendo o que é certo e errado. Não desagradar os outros é certo! Não roubar é certo! Matar é errado! Por quê acreditamos nessas coisas, e principalmente por quê seguimos tais regras?

Desde quando nascemos nossos pais mostram o que é certo e errado, colocam todos os dias em nossas cabeças regras e mais regras que ditam nossas vidas muito provavelmente até o dia de nossa morte. Simplesmente acreditamos neles, porque são nossos pais, os consideramos como a verdade absoluta das coisas sem questionar.  Dessa maneira sabemos desde pequenos o que é certo e o que é errado. Mas se aprofundarmos mais nesse pensamento chegaremos a simples questão: “Mas quem falou para as pessoas o que é certo e o que é errado?”.

A resposta para essa questão é:  as leis. As leis ditam o que é certo e o que é errado. Seguimos nossas leis, que foram criadas para manter a ordem e a civilidade entre as pessoas. As leis por sua vez, foram criadas por outras pessoas, que baseados nos ensinamentos cristãos e colocaram em prática criando as leis que conhecemos hoje. Mas quem disse que o que a lei diz é certo?

Elas foram criadas por nosso poder legislativo, que pode criar qualquer tipo de lei, desde que seja aprovada por uma maioria de políticos.  Mas essas leis e regras são o que ELES consideram certo e errado, não seguimos o que consideramos certo e errado, mas sim o que 1 pessoa considera certo ou errado. O individualismo nos é tirado a partir do momento em que nascemos quando tomamos nossos primeiros tapinhas quando fazemos algo que naquele momento parece errado para nossos pais.

Mas a lei não deve ser vista como algo inquestionável. Temos esse poder de questionar, ainda mais quando aqueles que deveriam melhorar nosso país criam leis aumentando seus salários.

Não decidimos o que é certo ou errado, a socidade é quem nos diz, portanto nada é certo nem errado!

Devemos questionar o que é certo e o que é errado. Quando chegar a uma conclusão, a única conclusão certa é que não existe certo e errado. Quando dizemos que algo é certo ou errado é baseado em nossos princípios, e na grande maioria das vezes não se trata de CERTO ou  ERRADO, mas sim de o que nos agrada e o que não agrada. Baseado nisso, punimos nossos filhos, criamos nossas leis, escolhemos nossas crenças, ditamos nossa vida. O conceito de certo e errado talvez tenha sido a pior idéia da humanidade, que ao invés de apenas viver em harmonia, ficou pensando/escrevendo/ditando o que é certo e errado. A partir do momento em que criamos o conceito de certo ou errado criamos religiões, que foram se apoderando do pensamento humano e definindo seus próprios conceitos de certo e errado, e mais tarde de bem e mal, que no fim acaba sendo a mesma coisa, apenas mais uma forma de manipular as massas.Você não deve se vestir como todos se vestem, nem pensar da forma como todos pensam.

Não digo que não devemos mais obedecer a regras e desrespeitar leis, mas que apenas criemos o bom senso de questionar se o que fazemos é certo ou errado, até que chegue o momento em que não haja mais certo ou errado, e tudo que restar seja viver a vida.

“Não digo que você está errado, nem certo, apenas sei que eu estou certo, e nada mais.” – Vinícius Watanabe

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.

Anúncios