Frase do dia: "Nunca encontrei uma pessoa tão ignorante que não pudesse ter aprendido algo com sua ignorância." – Galileu Galilei

Arquivo para 23 de novembro de 2010

Clima no Rio está “pegando fogo”


“Após os nove ataques criminosos no Rio e Grande Rio, nas últimas 48 horas, a Polícia Militar anunciou na manhã desta terça-feira (23) que colocará todos homens nas ruas para reforçar o policiamento. Segundo a polícia, folgas vão ser reduzidas e até o ano que vem o governo promete contratar 7 mil novos policiais.” – G1 (Globo) – ler mais.

Nesse último mês o Rio de Janeiro constantemente foi alvo de ataques de criminosos, que pediam para que os passageiros dos carros saíssem e logo após era ateado fogo em seus veículos. Lembro-me muito bem de que quando isso tudo começou a polícia falava que os ataques não tinham conexão alguma e eram meras coincidências. Sinceramente, não acredito que algo como colocar fogo em 3 carros na mesma noite em regiões diferentes do Rio, sejam meras coincidências, mas tudo bem acreditei, pois é claro, a policia quem fala. No dia seguinte mais carros foram incendiados e já não se suspeitava mais de coincidência, já se tornara ataques criminosos pelo qual não se sabia o motivo.

Acredito que a polícia tenha feito as mesmas perguntas que eu fiz a mim mesmo na época, “mas o que está acontecendo? por que pedir para que os passageiros saírem e nada roubar, apenas colocar fogo nos carros?” claramente não eram assaltos, eles estavam tentando aterrorizar as pessoas, mas por quê?

A conclusão da polícia foi que eles estão tentando reconquistar território, por causa das UPPs (Unidade da Polícia Pacificadora) que foram construída no meio das favelas onde acontecia o tráfico e grande parte de crimes que ocorrem naqueles locais, e que todos os ataques foram comandados de dentro dos presídios pelos grandes chefes criminosos. Se parar para pensar, a explicação faz sentido. Mas se pararem para assistir ao noticiário perceberá que um grande volume de drogas está sendo apreendido no Rio. Não acho que seja coincidência, ter começado ataques terroristas nas cidades. Pense, se a policia está trabalhando nas favelas impedindo que as drogas cheguem aos grandes centros isso passa a preocupar os traficantes que estão saindo no prejuízo. Acredito que não estejam ocorrendo ataques apenas por causa de território, para que as UPPs sejam retiradas, pois isso não acontecerá se o governador do Rio tiver pelo menos um pingo de consciência,  a paz nesses lugares sem guerra é inevitável, a lei sempre será desrespeitada por alguém que acha uma maneira de conseguir dinheiro fácil. Mas acho que provavelmente algo grande está para acontecer nos morros do Rio, provavelmente uma grande remessa de drogas, armas, dinheiro ou até mesmo tudo isso junto está para chegar, e para distrair a polícia eles desviam os ataques à população para diminuir a guarda da polícia nos morros. Como o que acaba de acontecer hoje, dia 23, que a PM do Rio disse que mandariam todos os policiais às ruas.

Posso estar errado, mas não acho que todos os policias devam ir às ruas, mas sim mandar apenas alguns poucos, e todo o restante às favelas para acabar logo com essa palhaçada, pois os criminosos vão acreditar que os policiais estarão todos nas ruas, e provavelmente baixarão um pouco a guarda.

Essa é apenas uma explicação, e não a única. Se mais alguém tiver explicações comentem aqui, seria interessante pensar mais sobre o assunto.

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.