Frase do dia: "Nunca encontrei uma pessoa tão ignorante que não pudesse ter aprendido algo com sua ignorância." – Galileu Galilei

Carpe Diem


“A felicidade reside em quem sabe desfrutar de cada momento da vida. Valorize seus desejos, cultive seus sonhos, busque seus objetivos. Quando acreditamos que merecemos, tudo é possível.” (CARPE DIEM)

“Viver é desenhar sem borracha.” (Millôr Fernandes)

Certamente já ouviu alguém falando sobre ou leu em algum lugar a seguinte frase: Carpe Diem. Mas você sabe o que realmente significa, ou onde surgiu o termo?

Carpe Diem é uma frase em latim de um poema de Horácio, e é popularmente traduzida para colha o dia ou aproveite o momento. É também utilizado como uma expressão para solicitar que se evite gastar o tempo com coisas inúteis ou como uma justificativa para o prazer imediato, sem medo do futuro.

Essa expressão é má utilizada por muitas pessoas como fundamento para explicar que se deve aproveitar o dia para aproveitar seja de qualquer maneira, isto é, aproveitar egoistamente, individualmente. O modo certo de utilizá-lo é como um ensinamento para aproveitar o dia para produzir algo frutífero para si, especialmente para os outros para que esses possam crescer.

Colha o dia como se fosse um fruto maduro que amanhã estará podre. A vida não pode ser economizada para amanhã. Acontece sempre no presente.

Carpe diem quam minimum credula postero (colha o dia, confia o mínimo no amanhã).

Outra linha de pensamento dos defensores do Carpe Diem é ser um pouco mais cauteloso ao interpretar o poema de Horácio, seguindo uma linha de pensamento próxima a isto: seja feliz hoje, aproveite sua vida agora, não espere que a felicidade apareça no futuro, mas tente aproveitar o que a vida tem de melhor agora, pois, talvez, quando mais velho verá que passou a vida toda poupando, sendo cauteloso e jogou boa parte dela fora.

A melhor forma de expressar o significado do aproveitamento do dia,  é através do velho ditado: você colhe o que você planta. Aproveitar então, seria plantar o melhor futuro possível e cuidar desta plantação. Quem escolhe viver uma vida inercial e aproveitar somente através do lazer, não está plantando nada para o próprio futuro. E você, o que você está plantando?

“A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.” (Charles Chaplin)

A vida passa rápido. Não desperdice o seu precioso tempo em bobagens ou em coisas que não te farão feliz. É um chamado a responsabilidade consigo mesmo e com o teu destino. Você é capitão do teu próprio destino.

“Apressa-te a viver bem e pensa que cada dia é, por si só, uma vida.” (Séneca)

Fontes: http://pt.wikipedia.org/wiki/Carpe_diem

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.

Anúncios

5 Respostas

  1. Fumiow

    Imaginem como é ter em mente a seguinte dúvida: “Será que amanhã eu vou estar vivo?”.
    Seja por uma doença ou por pessimismo, o que você faria? Esperaria amanhã para ver se a morte lhe pega ou aproveitaria o dia e concluir o dia pensando “agora eu posso morrer!”? Carpe Diem… mais que uma filosofia, uma maneira de viver 😀

    Fumio.!

    26 de julho de 2010 às 21:35

  2. faça algo bom agora!
    nao espere a iniciativa de ninguem!
    “escreva o futuro” Nike
    e se ver que nao da certo uma coisa nao insista, pois poder ser perda de tempo
    e nao fara com que voce aproveite o dia!!!
    faça coisas que traram retorno
    seja feliz agora!

    27 de julho de 2010 às 1:12

  3. Muitas pessoas não entendem o significado de aproveitar o dia , acham que para aproveita-lo precisam acordar 6 horas da manhar e só dormir depois de ter feito tudo possível , de ter saido para mil lugares , te ter conhecido mil pessoas. Mas aproveitar o dia está nas coisas pequenas , está no refletir e aprender a ver beleza em pessoas e objetos que antes passavam despercebidos. Ou estou errada?

    27 de julho de 2010 às 1:22

  4. Pingback: Filtro solar – Pedro Bial « PRA QUE PENSAR ?!?

  5. Raimundo Estevam

    Continuo acreditando que colhemos o que plantamos. Carpe diem para o melhor que puder fazer, primeiro, para si (não é egoísmo), para o seu melhor equilíbrio físico, psíquico e espiritual. Depois, faça para os outros, não por caridade, mas por alegria e prazer. Cada um que escolha a sua planta. Há quem plante carrapicho…

    14 de abril de 2011 às 17:50

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s