Frase do dia: "Nunca encontrei uma pessoa tão ignorante que não pudesse ter aprendido algo com sua ignorância." – Galileu Galilei

Somos influenciados até por quem não conhecemos


Todos nós estamos sendo influenciados por outras pessoas a todo momento, o que não imaginávamos é que isso poderia vir de pessoas que nem conhecemos.

Lendo a revista Galileu, me chamou a atenção uma matéria que dizia sobre as “Redes de influência”, que mostrava o quanto seu comportamento é influenciado pelos outros e até por pessoas que você nunca viu na vida.

Redes de influência

Quando os assuntos são felicidade e obesidade, pessoas que você nem conhece influenciam seu comportamento e estado de espírito, mais até do que parênteses próximos. (Veja imagem abaixo)

O que observamos no artigo é que você geralmente acaba sendo influenciado por seu amigo, que também é influenciado pelo amigo dele… logo, você acaba tendo uma parcela de influência sobre outras pessoas, que também tem uma parcela de influência sobre você.

Desta forma, sua probabilidade de se contaminar depende das pessoas com quem você interage. Após controlar fatores, como diferença dos níveis sócio-econômicos, os pesquisadores descobriram que as chances de uma pessoa se tornar obesa aumenta em 57% se isso acontece com um dos seus amigos, 40% se ocorrer com um irmão e 37% com o marido ou mulher, independentemente da idade.

No entanto, os vizinhos não têm quase nenhuma influência, e a distância que você mora daquele amigo obeso também não conta muito. Isso significa que o mecanismo de difusão da obesidade é diferente do da felicidade.

Em vez da imitação comportamental, a chave parece estar na adoção de normas sociais. Em outras palavras à medida que vemos nossos amigos engordando, isso muda nossas idéias sobre o que é um peso aceitável.
Uma semelhança com a felicidade é que amigos e parênteses do mesmo gênero exercem uma influencia maior. Apesar de não estar clara a importância disso para o contagio emocional, as normas para as medidas corporais são claramente determinada pelo gênero: “Mulheres se miram em mulheres, homens miram em outros homens”.

“O verdadeiro professor defende seus alunos contra sua própria influência.” – Amos Alcott

Fonte: Revista Galileu

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.

Anúncios

2 Respostas

  1. É verdade as vezes isso acontece inscientemente e não percebemos.
    Devemos estar atendos as nossas escolhas e ver se tem beneficíos saudáveis.
    Como diz o blog pense! ;D

    21 de julho de 2010 às 13:45

  2. tái uma coisa que eu nunca parei pra pensar…
    nos visite
    http://www.cuchila.blogspot.com/

    21 de julho de 2010 às 18:51

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s