Frase do dia: "Nunca encontrei uma pessoa tão ignorante que não pudesse ter aprendido algo com sua ignorância." – Galileu Galilei

Liberdade, igualdade e produtividade


Charlie Chaplin - Tempos Modernos

Com o crescimento do capitalismo dos últimos anos, e a evolução tecnológica dos tempos modernos, andamos pelas ruas e percebemos que vivemos em um mundo onde até mesmo seres vivos como ovelhas podem ser industrializados.

Tudo em nosso tempo perdeu o sentido, não há mais sentimentos nos produtos que consumimos, e se queremos esses sentimentos, o serviço de atendimento ao consumidor ficará feliz em te fornecer isso por apenas uma taxa adicional.

Claramente o capitalismo junto com a industrialização não é algo totalmente ruim, a concorrência entre as indústrias faz com que tenhamos um conforto cada vez maior, com produtos cada vez mais baratos, e tecnologia mais avançadas para que possamos descansar, tudo isso em uma sociedade que não tem tempo para descansar.

Nossos produtos industrializados são produzidos por máquinas e operários industrializados, para serem vendidos à um consumidor com pensamentos industrializados.

Henri Ford uma vez disse: “Eu te faço um carro com a cor que você desejar, desde que seja preto”. As pessoas estão todas iguais, correm freneticamente atrás de produto que muitas vezes não necessitam, graças à caixa de lavagem cerebral que possuimos em nossos lares.

Gostaria que você leitor, não se deixasse influênciar por este post, e gostaria de saber o que você pensa a respeito, portanto por favor deixe um comentário, ou questione em nosso F.A.Q. (Frequently Asked Questions).

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.

Anúncios

Uma resposta

  1. Tatiana

    Como o eterno Charlie Chaplin foi citado, tomo a liberdade de colocar um de seus pensamentos, que expressa o que penso e sinto… Nada, além disso, precisa ser dito…

    “O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos. A cobiça envenenou a alma do homem… Levantou no mundo as muralhas do ódio… E tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e os morticínios. Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria. Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, emperdenidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. Mais do que máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas duas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.”

    Parabéns pelo blog!

    14 de junho de 2010 às 20:09

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s