Frase do dia: "Nunca encontrei uma pessoa tão ignorante que não pudesse ter aprendido algo com sua ignorância." – Galileu Galilei

Arquivo para junho, 2010

O que realmente somos ?


Bem x Mal

A todo o momento entramos em conflito com nós mesmos, temos a capacidade tanto de sermos bons como sermos maus, o ser humano tem essa tendência tanto de mentir, machucar, destruir, matar como também tende a fazer o bem, ajudar, compartilhar e até mesmo de criar a vida. Muitos dizem que nós somos maus por natureza, mas será isso mesmo verdade?

Em uma matéria da revista SuperInteressante, mostra que  estudos feitos pelo pesquisador Stanley Milgram na Universidade de Yale comprovam que talvez realmente o ser humano seja ruim por natureza. Eu particularmente acredito que o ser humano realmente possa ser mau por natureza, pense em alguns momentos do seu próprio cotidiano, e você perceberá o quão egoísta é. Verá o quanto fazemos as coisas apenas para obtermos nossa própria felicidade, sem pensarmos nos outros. Mas o que acredito não vem em questão neste momento.

Psicólogos acreditam que a maldade começa em nossa infância, e é causada pela influência das pessoas à nossa volta, aprendemos a ser maus, se vivêssemos em um lugar onde apenas nos ensinassem coisas boas, seriamos bons enquanto não encontrássemos o mal. O ser humano é facilmente influenciado, e nos influenciamos muito mais facilmente por más razões do que por boas. Vemos apenas nossos desejos, nossa felicidade, nossos egos.

Será que somos egoístas por natureza? Matamos por natureza? O que aconteceria se vivêssemos sós? E se fossem apenas ensinadas coisas boas?

“Quanta injustiça e quanta maldade não fazemos por hábito!” – Terêncio

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


O que é Felicidade? [Tópico grande]


Felicidade? É de comer? O que seria exatamente a felicidade?

O Enigma que desde sempre inquieta a humanidade.

Cada pessoa tem um conceito sobre o que é felicidade e como conquistá-la. A dificuldade está na maneira de como lidamos com as adversidades da vida.

Embora seja um tema tão antigo quanto a própria civilização, a busca da felicidade ainda constitui o problema maior de todos os seres humanos no século XXI.  Pesquisas mostram que a felicidade se encontra nas pequenas coisas da vida, muitas vezes perdidas na rotina do dia a dia. Vivemos tão enlouquecidos correndo atrás de “coisas”, que mal temos tempo para aproveitar aquilo que já temos. Muitos colocam o foco naquilo que ainda não tem e, por isso perdem a oportunidade de aproveitar coisas simples e maravilhosas como a própria vida.

Algumas pessoas só se sentem felizes por algum motivo externo, porém, momentâneo, quando estão apaixonadas por alguém, quando ganham algum prêmio, um elogio, uma promoção. As pessoas jamais serão felizes se ficarem esperando que os outros ajam da forma como elas querem ou que aconteça algo em especial.

Para muitos, a felicidade consiste em adquirir bens materiais, ter um trabalho bem-remunerado e ser reconhecido por seus talentos, possuir uma família harmoniosa e gozar de boa saúde. A pessoa acredita que, se conquistar tudo isso, é o suficiente para encontrar a felicidade.

Outro paradoxo são as pessoas que sempre querem ganhar muito dinheiro, acreditando que com isso alcançará a felicidade. No entanto, ser rico não quer dizer ser feliz.

Qual é o papel do dinheiro na vida das pessoas? No âmbito de qualquer sociedade, as pessoas ricas são vistas como mais felizes do que as pessoas pobres. Mas temos observado que ao longo desses últimos anos a renda de muitas pessoas tem crescido, mas a felicidade não tem acompanhado esse crescimento.

Algumas dicas para felicidade:

• Aprenda a viver aqui e agora.

• Valorize o aspecto positivo.

• Redescubra a sua própria inocência.

• Conceda-se pequenos prazeres.

• Deixe agir o seu instinto.

• Fotografe seus momentos felizes.

• Respire profundamente, faça exercícios e cuide da saúde

• Use a criatividade

•Deixe fluir a sua energia interior.

•Ouse

As crianças são sábias quando conceituam, com uma simplicidade invejável, o que é a felicidade. No universo delas, a felicidade está em pequenos gestos, em uma partida de futebol com os amigos ou em uma refeição cheia de comidas gostosas. É com esse mesmo sentimento pueril que Daniel Gilbert, professor de psicologia da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, que estuda a felicidade há mais de duas décadas, conceitua a sensação de bem-estar. Em suas pesquisas e livros sobre o tema, Gilbert mostra o que teimamos em não perceber no dia-a-dia: a felicidade não é uma sensação eterna ou um estado de êxtase, daqueles que se atingem nos momentos de extremo prazer. Estar feliz ou triste é um ir e vir. Apesar de difíceis, os processos de infelicidade também funcionam como um momento para amadurecer, pensar e repensar as atitudes, os projetos.

Não há respostas concretas mas há pistas do que leva até ela. O filósofo grego Aristóteles afirmava, há mais de 2 mil anos, que a felicidade se atinge pelo exercício da virtude e não da posse.

“Felicidade não é o que acontece na nossa vida, mas como nós elaboramos esses acontecimentos. A diferença entre o sábio e o ignorante é que o primeiro sabe aproveitar suas dificuldades para evoluir, enquanto o segundo se sente vítima de seus problemas”
Roberto Shinyashiki

O que é felicidade pra você? Comente!

Fonte: http://www.google.com.br

http://consultoriodepsicologia.blogs.sapo.pt/5092.html

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


Misdirection


A evolução do Homi

Enquanto estamos todos preocupados com a África do Sul, e não saímos da frente de nossas televisões ou rádios aguardando incansavelmente por noticias da querida Jabulani, esquecemos de voltar nosso nacionalismo para o bravo  BraZil.

Para os mais desinformados neste ano de 2010, teremos as eleições para Presidente, Governador, Senador, Deputado Federal e Deputado Estadual. E o barulho seco dos chutes na Jabulani torna vago e longínquo o eco dos sopapos verbais trocados entre Serra e Dilma. A dupla continuará no noticiário. Ele com seu dilema hamletiano: criticar ou não criticar? Ela com sua nova identidade: Lulilma Roussilva. Porém qualquer noticia que não venha da África do Sul é entediante. As pessoas nesse ano não sabem em quem irão colocar para governar nosso país durante os próximos 4 anos. E depois uma olha para a cara da outra e fala que o presidente não sabe governar direito; os políticos não fazem nada direito, quando na verdade é a população que volta toda sua atenção para o lugar errado nas horas erradas. Enfim continuem a torcer pelo Brasil, quem sabe o culto treinador da seleção não se candidate nas próximas eleições, assim saberemos em quem votar. Mudem de canal de vez em quando e assistam a outros programas como este também:

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


Troque um parlamentar por 344 professores


ProfessorUm país onde os professores recebem cerca de R$650,00 por mês nunca irá para a frente. A profissão de professor era pra ser a profissão mais valorizada, mais bem paga e mais respeitada de todas. São os professores e pais que formam e dão caráter às pessoas. Uma sociedade que não valoriza a educação para sempre será subdesenvolvida! Onde está a ordem e o progresso que tanto diz nossa bandeira?

Recebi o seguinte e-mail:

“Prezado amigo!
Sou professor de Física, de ensino médio de uma escola pública em uma cidade do interior da Bahia e gostaria de expor a você o meu salário bruto mensal: R$ 650,00 Eu fico com vergonha até de dizer, mas meu salário é R$ 650,00. Isso mesmo! E olha que eu ganho mais que outros colegas de profissão que não possuem um curso superior como eu e recebem minguados R$ 440,00. Será que alguém acha que, com um salário assim, a rede de ensino poderá contar com professores competentes e dispostos a ensinar? Não querendo generalizar, pois ainda existem bons professores lecionando, atualmente a regra é essa: O professor faz de conta que dá aula, o aluno faz de conta que aprende, o Governo faz de conta que paga e a escola aprova o aluno mal preparado. Incrível, mas é a pura verdade! Sinceramente, eu leciono porque sou um idealista e atualmente vejo a profissão como um trabalho social. Mas nessa semana, o soco que tomei na boca do estomago do meu idealismo foi duro! Descobri que um parlamentar brasileiro custa para o país R$ 10,2 milhões por ano. São os parlamentares mais caros do mundo. O minuto trabalhado aqui custa ao contribuinte R$11.545. Na Itália, são gastos com parlamentares R$ 3,9 milhões, na França, pouco mais de R$ 2,8 milhões, na Espanha, cada parlamentar custa por ano R$ 850 mil e na vizinha, Argentina, R$ 1,3 milhões. Trocando em miúdos, um parlamentar custa ao país, por baixo, 688 professores com curso superior ! Diante dos fatos, gostaria muito, amigo, que você divulgasse minha campanha, na qual o lema será: Troque um parlamentar por 344 professores.”
Contribuam para um país melhor !

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.
Prezado amigo!
Sou professor de Física, de ensino médio de uma escola pública em uma cidade do interior da Bahia e gostaria de expor a você o meu salário bruto mensal: R$ 650,00 Eu fico com vergonha até de dizer, mas meu salário é R$ 650,00. Isso mesmo! E olha que eu ganho mais que outros colegas de profissão que não possuem um curso superior como eu e recebem minguados R$ 440,00. Será que alguém acha que, com um salário assim, a rede de ensino poderá contar com professores competentes e dispostos a ensinar? Não querendo generalizar, pois ainda existem bons professores lecionando, atualmente a regra é essa: O professor faz de conta que dá aula, o aluno faz de conta que aprende, o Governo faz de conta que paga e a escola aprova o aluno mal preparado. Incrível, mas é a pura verdade! Sinceramente, eu leciono porque sou um idealista e atualmente vejo a profissão como um trabalho social. Mas nessa semana, o soco que tomei na boca do estomago do meu idealismo foi duro! Descobri que um parlamentar brasileiro custa para o país R$ 10,2 milhões por ano. São os parlamentares mais caros do mundo. O minuto trabalhado aqui custa ao contribuinte R$11.545. Na Itália, são gastos com parlamentares R$ 3,9 milhões, na França, pouco mais de R$ 2,8 milhões, na Espanha, cada parlamentar custa por ano R$ 850 mil e na vizinha, Argentina, R$ 1,3 milhões. Trocando em miúdos, um parlamentar custa ao país, por baixo, 688 professores com curso superior ! Diante dos fatos, gostaria muito, amigo, que você divulgasse minha campanha, na qual o lema será:

República DEMOCRÁTICA Popular da Coréia


Coéia do Norte

Um ditador sem seus seguidores não é nada !

Este é um video que foi exibido na Coréia do Norte quando o Brasil jogava contra o time norte coreano:

E o país é denominado de República Democrática Popular da Coréia… Ainda tento descobrir onde está a democracia. Democracia para aqueles que não sabem, vem das palavras “demo” e  “kratos”, que significam juntas  um regime de governo onde o poder de tomar importantes decisões políticas está com os cidadãos (povo). Mas acredito que na Coréia do Sul democrácia tenha o significado de regime de governo onde o poder de tomar importantes decisões políticas está com um egocêntrico ditador que nem assistir tv e deixar que sua população saiba da derrota do seu país na copa.

O que se passava na mente de uma pessoa como essa? Por quê eles ainda se intitulam democráticos? Você concorda com isso? Comente

“O homem nasceu livre, e em todos os lugares ele está acorrentado.” Jean-Jacques Rousseau

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


Sociedade selvagem


Sociedade selvagemViver nos dias de hoje está se tornando uma tarefa cada vez mais difícil. Temos que trabalhar para conseguir nosso sustento, mas para isso é necessário estudar e absorver o maior número de informação for possível para podermos crescer, e ser alguém no futuro. Segundo Charles Darwin,  no mundo sobrevive o mais forte por isso há a evolução, os seres vivos evoluem para continuar vivos. Podemos observar essa teoria em nossa vida cotidiana, e se pararmos para pensar, o mundo em que vivemos é uma grande selva, onde as pessoas lutam para sobreviver, e conseguirem seu sustento.

Vemos todos os dias pessoas brigando por vagas de emprego, ou por melhores cargos no trabalho, e por que não citar o vestibular também, onde os alunos se preparam o ano inteiro para concorrerem a uma vaga no meio a milhões de pessoas. Graças a essas disputas, criamos o sentimento de desconfiança do próximo. Mas isso tem fundamento, pois a todo o momento vemos pessoas que crescem a custa de outras, e se analisarmos bem, grande parte das pessoas que agem de forma errada ou anti-ética, são aquelas que realmente se deram bem na vida.

A algum tempo, a revista SuperInteressante publicou uma matéria falando que crianças que mentem, acabam virando adultos bem sucedidos, e em partes isso é uma verdade por mais cruel que isso pareça.

É mesmo necessário esse tipo de competição entre as pessoas? Será que não podemos mais confiar nas pessoas? Crianças que mentem, realmente viram adultos bem sucedidos?

“O homem é lobo do homem.” – Tomas Hobbez

Comentem.

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


Ditadura da beleza


Padrões de beleza

O que caracteriza uma pessoa como bela? Corpo esguio, olhos e cabelos claros, pele sedosa, cabelos esvoaçantes? Ou seria uma pele escura, olhos negros, cabelo crespo e pernas e braços rijos? Ou quem sabe, uma pessoa inteligente, sábia, sensata e de bom humor? Bom, já deu para perceber que são inúmeras as belezas existentes, mas será que beleza traz mesmo a felicidade?

Ditadura segundo o Wikipédia, é o regime autoritário que está na mão de uma pessoa ou de um grupo de pessoas, que exercem poderes de maneira absoluta sobre o povo. Quem seria o maior vilão da tal ditadura da beleza então? A mídia? Provavelmente sim, a mídia estipula padrões estéticos, pois tem a necessidade de segmentar a sociedade, para a partir daí produzir bens de consumo específicos para cada grupo, facilitando a produção burguesa e gerando mais lucros. Por conta disso, as mulheres estão se tornando cada vez mais magras a ponto de terem doenças como anorexia e bulimia, os homens se tornando mais anabolizados quase explodindo, e as senhoras de idade esticando seus rostos, achando que assim vão possuir o elixir da vida tendo assim a imortalidade.

Com certeza o tempo mudou drasticamente os padrões de beleza desde as épocas mais antigas até os dias de hoje, e as pessoas tornaram-se cada vez menos pensantes, e correm em busca de algo que não existe, pois elas não se dão conta de que tudo que vemos na televisão, revistas, filmes, não passam de meros manequins ambulantes, e que com um pequeno toque de mágica da tecnologia, se transformam em miragens aos olhos de pessoas cegas. As pessoas se tornaram cada vez mais ignorantes graças à vaidade, e passaram a acreditar que beleza é sinônimo de perfeição.

Claro que vaidade é muito importante, seja para homens ou mulheres, haja visto o crescimento do mercado estético em todo país, clínicas de estética, massagens, produtos de beleza entre outros, são procurados cada vez mais por pessoas que querem uma aparência melhor, a indústria da beleza está diretamente ligada à indústria do bem estar. Mas não devemos nos esquecer de que nem tudo é beleza, e não adianta de nada uma pessoa ser bela, e ao mesmo tempo não saber nem ter um diálogo decente.

Finalizando, beleza é um conjunto de características individuais de cada um, que começa pela aparência e termina na forma com que a pessoa se expressa. Devemos nos sentir bem conosco, e não devemos nos deixar influenciar pela mídia, ou pelo pensamento popular. Se acha que deve perder alguns quilos, vá em frente,você deve ter sua própria opinião,  mas não leve isso para o extremo.

“A beleza está nos olhos de quem vê.” – Augusto Cury

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


O homem é um produto do meio?


Marionete

“É preciso estudar a sociedade pelos homens, e os homens pela sociedade: os que quiserem tratar separadamente da política e da moral nunca entenderão nada de nenhuma das duas”                                  Jean-Jacques Rousseau

Seria a idéia iluminista de Rouseau equivocada?

Através das concepções do filósofo,  o homem é naturalmente bom, sendo a sociabilização a culpada pela “degeneração” do mesmo. Em sua obra, “O Contrato Social”, é possível a constituição de um Estado Ideal, através do consenso entre os indivíduos da sociedade, e em conseqüência desse acordo, haveria a possibilidade de garantir plenamente os direitos de todos os cidadãos, afastando da corrupção, próximo da vontade e da decisão geral.

Particularmente falando, a sociedade é feita de homens, e se o homem nasce bom, como uma reunião de bons pode corromper? O meio corrompe o homem ou o homem que corrompe o meio? Pois, de certo modo, o homem é quem cria sua própria sociedade.

Ou o homem nasce vazio, e a partir de vivenciar com o meio em que vive,  vai gradativamente adquirindo seus valores, seus princípios, absorvendo tudo à sua volta. Porém, se termos consciência, podemos muito bem ser capazes de não nos deixarmos ser influenciados pelos outro. Tentar agir da forma “correta” nos exige, com certeza, um grande esforço.

Afinal, O homem nasce bom mas a sociedade o corrompe ou já nascemos com uma “maldade” natural? O homem influencia a sociedade? Ou é ela quem a nos influencia?

Comente o que você acha a respeito, dê suas teorias.

Obrigado.

Fonte: Wikipedia

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


Jogo das máscaras


Máscaras

Ao admitir que cumpre-nos apenas viver conforme a sociedade já bem o definiu, cada qual desempenhando seus papéis sociais como o de marido, esposa, pai, mãe, trabalhador etc, permanecemos presos, impedindo o maior desenvolvimento. Não percebemos que cada papel carrega em si o próprio limite de atuação. Este limite é o referencial a que recorremos para definir as regras de cada atuação social necessária ao melhor convívio.

Cada papel diz respeito a uma máscara usada para encenar o teatro da vida. Agimos de maneira totalmente diferente dependendo de com quem estamos e onde estamos, temos que ser de um jeito para com nosso chefe, colegas, professores, familia, vizinhos e etc. É claro que temos personalidade, mas ela nos leva a vestir essas máscaras para que possamos nos adaptar ao cotidiano, para isso, cada máscara possui uma limitação de se agir, moldando-nos a uma forma de ser. Ocorrem conflitos por causa do desacordo entre tipo de temperamento introvertido ou extrovertido, experiências acumuladas, conceitos formados, e padrões de comportamento sugeridos pela sociedade. Nos casamentos, por exemplo, o psicólogo Carl Rogers (1902-1987) concluiu que Numerosos problemas desenvolvem-se na medida em que tentamos satisfazer as expectativas do outro…, e que não devemos nos afeiçoar pelos desejos, regras e papéis que os outros insistem em impor-nos.

Sabemos que deve-se existir limítes para que haja o convivio adequado, não estou defendendo a abolição de leis e regras, já bem explicadas por pensadores de outros séculos, como Thomas Hobbes (1588-1679), por sua afirmação de que O homem é o lobo do homem, e Voltaire (1694-1778), ao comparar: Para que uma sociedade consiga sobreviver, fazem-se necessárias as leis, assim como as regras para os jogos. A ordem política tem o seu papel na regulação do convívio entre os homens, mas nos revestimos destes papéis ao usar as máscaras sociais e agimos apenas em conformidade a eles. Não nos inquietamos a ponto de refletir sobre se devemos pensar e agir diferentemente do que estamos acostumados. Não ousamos participar mais dos acontecimentos. Um exemplo é a idéia de que política deve ser realizada apenas por político ou quem detém o papel deste setor para lidar com os esses assuntos. Nos enganamos. Podemos e devemos ser mais presentes em assuntos dessa natureza. Já se provou que a opinião popular é importante e tem peso, não só nas eleições, mas na luta pelos direitos democráticos, em processo de impeachment presidencial, referendo, etc. Basta usar a máscara para este tipo de necessidade e exercitar o seu papel.

Muitas vezes nos retraimos, e guardamos nossas opiniões para nós mesmos quando damos de cara com uma idéia que talvez possa no momento parecer melhor que as nossas, ou quando encaramos alguem que julgamos superior a nós, simplesmente obedecemos ou nos queixamos às escondidas sem propor idéias e pontos de vista contrários, que podem, conforme a ocasião e a necessidade, serem surpreendemente melhores.

Por detrás de toda máscara há um ser humano tentando sobreviver em seu meio, buscando a adaptação à sociedade ou grupo ao qual pertence. Portanto, os papéis são importantes. Segue-se, porém, que é relevante a capacidade potencial que todos possuem para desenvolver a criatividade, autonomia e ações pessoal e comunitária. Mas para dinamizá-la, urge reconhecer as múltiplas possibilidades a se desempenhar por meio de novos e essenciais papéis, além dos que já temos.

Há o poder que prende e o que liberta. Podemos crescer em outro papel, libertando-se da idéia prisioneira de limitação. A vida é repleta de oportunidades, mas se não acreditarmos em nossa própria capacidade, nada acontecerá. Escolha uma nova máscara ou melhore o desempenho das que já usa. Aproprie-se do poder que há em cada papel. Máscaras sociais que antes pareciam impossíveis de lhe pertencer estão mais próximas do que você imagina. Com que máscara deseja triunfar?

Fonte: Pensar21.com.br/

“Não importa para onde vamos, não importa onde estamos, nem com quem estamos. O que importa é saber quem somos.” – Vinícius Watanabe

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.


(DES)evolução


Desevolução

Desevolução

Veja a evolução do ser humano com o passar do tempo:

Para onde estamos caminhando? Essa é a pergunta que me faço em alguns momentos, e aposto que muitas pessoas também já se fizeram algum dia. A ciência através de suas inúmeras teorias, tenta responder a essa questão, e a conformista religião, através da fé, certamente conforta os corações mais aflitos. Religião não é meu forte, apesar de já ter tentado entender muitos pensamentos nela contidos, vejo as crenças em geral como uma ótima maneira de acalmar a angústia de muitos. Não sei se existe o Diabo, mas por razões óbvias, com certeza essa seria uma de suas representações:

Cifrão

Atualmente, o ser humano vem desenvolvendo cada vez mais seu domínio sobre determinados assuntos, como por exemplo: carros novos, celulares cada vez mais modernos, cadeiras cada vez mais confortáveis para assistirmos à nossas televisões cada vez mais enormes, e com imagens melhor definidas. Assistimos em nossas televisões todos os dias à reportagens que mostram o quanto o ser humano tornou-se egoísta com o passar dos tempos, e começou a construir cada vez mais seu império, eliminando à tudo e todos que ficarem em seu caminho.

A nossa inteligência é o que nos diferencia dos outros animais, assim sendo, quanto mais inteligente é o ser humano, mais desenvolvido ou maior capacidade de se desenvolver ele tem. Com o objetivo de estabelecer parâmetros de inteligência foi criado o famoso Quociente de Inteligência, ou também conhecido como Q.I. que é uma medida derivada da divisão da idade mental pela idade cronológica, obtida por meio de testes desenvolvidos para avaliar a capacidade de inteligência de um sujeito. Ou seja, isso serviria pra enxergar-mos a ponte que existe entre um gênio, e uma pessoa que não tem o hábito de pensar.

Se a grande maioria dos seres humanos tivesse o Q.I. elevado, ou seja, compartilhassem de alto grau de inteligência, os recursos naturais seriam melhor aproveitados e a harmonia entre as pessoas seria crescente, porém não é esse o rumo que vemos as coisas tomarem. A destruição cada vez mais constante do meio ambiente, em busca de riquezas nos faz temer pelo futuro das próximas gerações, e comentários como o de que a 3ª guerra mundial será por causa da Amazônia, maior fonte de riqueza natural do mundo, não são difíceis de serem ouvidos por ai, mas por que a humanidade estaria tomando este caminho?

A teoria da desevolução afirma que o Q.I. médio da população está caindo gradativamente. Casais com Q.I. alto possuem uma média de 1,5 filhos, enquanto os casais de Q.I. baixo, possuem em média cerca de 5 filhos. Este fato aliado ao avanço da medicina e pela falta de predadores naturais faz com que a população humana aumente desenfreadamente e seja responsável pelo seu próprio declínio.

A banda Korn, mostra muito bem isso em seu clipe Evolution, e atingem seu objetivo de nos fazer refletir. Estamos nos tornando cada vez mais sedentários, temos todas as comodidades em nossos lares, não precisamos mais preparar nossas refeições, nem mesmo sair para fazer compras, claro que isso deve-se ao fato do ser humano estar cada vez mais ocupado, mas será tudo isso necessário? Nem pensar precisamos mais, pois com os avanços da informática, conseguimos todas as informações que necessitamos na internet, que está cada vez mais perto de se tornar o grande cérebro da humanidade, e se não tomarmos cuidado, um dia dominará a humanidade, isto é se esse dia já não chegou.

E você? Acredita que estamos no caminho oposto da evolução? Acha que a religião tem as respostas pra estas questões? O que pensa sobre o sedentárismo humano? Acredita em Q.I.? Aliás, você sabe qual o seu? Comentem

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.