Frase do dia: "Nunca encontrei uma pessoa tão ignorante que não pudesse ter aprendido algo com sua ignorância." – Galileu Galilei

O homem é um produto do meio?


Marionete

“É preciso estudar a sociedade pelos homens, e os homens pela sociedade: os que quiserem tratar separadamente da política e da moral nunca entenderão nada de nenhuma das duas”                                  Jean-Jacques Rousseau

Seria a idéia iluminista de Rouseau equivocada?

Através das concepções do filósofo,  o homem é naturalmente bom, sendo a sociabilização a culpada pela “degeneração” do mesmo. Em sua obra, “O Contrato Social”, é possível a constituição de um Estado Ideal, através do consenso entre os indivíduos da sociedade, e em conseqüência desse acordo, haveria a possibilidade de garantir plenamente os direitos de todos os cidadãos, afastando da corrupção, próximo da vontade e da decisão geral.

Particularmente falando, a sociedade é feita de homens, e se o homem nasce bom, como uma reunião de bons pode corromper? O meio corrompe o homem ou o homem que corrompe o meio? Pois, de certo modo, o homem é quem cria sua própria sociedade.

Ou o homem nasce vazio, e a partir de vivenciar com o meio em que vive,  vai gradativamente adquirindo seus valores, seus princípios, absorvendo tudo à sua volta. Porém, se termos consciência, podemos muito bem ser capazes de não nos deixarmos ser influenciados pelos outro. Tentar agir da forma “correta” nos exige, com certeza, um grande esforço.

Afinal, O homem nasce bom mas a sociedade o corrompe ou já nascemos com uma “maldade” natural? O homem influencia a sociedade? Ou é ela quem a nos influencia?

Comente o que você acha a respeito, dê suas teorias.

Obrigado.

Fonte: Wikipedia

Gostou? Entre em nossa comunidade no Orkut e siga-nos no Twitter.

About these ads

17 respostas

  1. nami

    hun, não dizendo que sou religiosa ou que acredito na biblia/Deus… mas somos todos pecadores desdo momento em que nascemos, e nisso acredito =x
    não acredito que exista alguém 100% bom ou 100% mau, os acontecimentos na vida de um individuo leva ele mais pro “bom” doq pro “mau” e vice-versa. Bah, resumindo acho que o homem corrompe o meio.

    17 de junho de 2010 às 23:46

    • vinwatanabe

      Discrodo de você no ponto de que o homem corrompe o meio. Acredito que a sociedade corrompe o homem. O homem nasce naturalmente bom, e as pessoas a sua volta o corrompem, pois se não existessem pessoas cmo alguém se corromperia?
      Outra coisa a se pensar… Por quê somos pecadres desde o momento em que nascemos?? Quer dizer que a vida é um pecado? Porque se for assim, segundo o catolicismo, e se existir um Deus mesmo, quer dizer que ele está pecando, porque ele criou a vida segunda essa crença. Outra coisa… O que é certo e o que é errado, o que é bom e o que é mal? Isso são coisas relativas…. pois se tivesse dito que o certo é andar nas ruas com um bacahau na cabeça é certo, todos nós andariamos com bacalhais na cabeça, logo, acho que certo e errado, não existem, o que existe é o egocentrismo humano, e a necessidade de dominar os outros.
      Mas muito bom o seu ponto de vista, continue a questionar, o que eu to falando aqui, não é necessariamente a verdade absoluta, é apenas o MEU ponto de vista, e é exatamente para isso que criamos esse blog, pras pessoas questionarem. Não é porque está escrito aqui, que é verdade absoluta. Portanto… Questionem !

      18 de junho de 2010 às 22:45

      • Taroco

        Sobre o que você falou sobre o catolicismo, A vida não é um pecado, nós apenas somos pecadores quando nascemos por causa do pecado original de Adão e Eva(Não estou querendo dizer que acredito nisso, mas soh esclarecendo o que é ensinado no catolicismo).

        E na minha opinião, a sociedade pode corromper o homem pois nós somos facilmente influenciavéis. Porém, nós podemos ser influenciados tanto para coisas ruins quanto para coisas boas, portanto não quer dizer que a sociedade sempre corrompe o homem. O ser Humano já nasce com certa tendência para coisas boas ou ruins.

        não sei se fui muito claro, mas espero que alguem entenda xD.

        Flwz

        21 de junho de 2010 às 23:19

      • John Chimera

        e a sociedade é formada por quem? por homens ou por macacos? metade de sua ideia não faz sentido.
        o homem corrompe o meio. porque é ele que o cria.

        22 de abril de 2011 às 15:03

      • Sâmeque

        Discordo dos dois!

        24 de setembro de 2011 às 11:59

    • então o homem já nasce c tendencia a maldade num nivel baixo (por não ser 100%)
      com o passar do tempo o mesmo será corrompido pelo meio que ele moldou ou corrompeu? não dá pra generalizar. ser fruto do meio não significa ser corrompido.
      acredito na tendencia que cada ser trás consigo no centro do seu eu que independente de tudo que viveu e/ou presenciou terá caracteristicas proprias, às vezes, surpreendentes

      26 de julho de 2012 às 21:01

  2. A sociedade corrompe o homem. Podemos ver que atualmente, as pessoas tomam certas atitudes como usar drogas, beber até não aguentar mais, por influência de outros a sua volta. Você tem que possuir estatus, parecer legal para aqueles que te rodeiam. Um homem, naturalmente, não usaria drogas.
    O que é mais fácil fazer? Um trabalho em grupo ou um individual? Claro que o individual, pois essencialmente fomos projetados para pensarmos no nosso EGO. “Somos tudo que precisamos”.

    Fumio.!

    18 de junho de 2010 às 21:54

  3. Guilherme

    Ao meu ver, o caráter humano é formado desde o momento do nascimento. Cada gesto, palavra, brincadeira… cada mínimo detalhe influi na formação da personalidade de cada indivíduo!
    A capacidade da criança em absorver informações é algo extraordinário, e essas informações que implicam na maneira de pensar quando se tornar um adulto. Acredito que quanto mais uma criança chega próximo de se tornar um adulto, mais dificíl mudar o caráter dessa pessoa, pois já está completamente “moldado”.
    O que faz o homem se corromper, é o o que se pode chamar “desespero”. Sobre determinadas circuntâncias, o desespero faz o homem a não se importar com os outros a sua volta até que se faça finalmente satisfeito. Dentre os exemplos, pode-se destacar o desespero em enriquecer, em se apaixonar, em ser aceito em um determinado grupo, entre outros. Quando a sociedade coloca o ser humano em estado de desespero, é daí que ele se diferencia entre ser bom e mal.
    A sociedade e o meio corrompem o homem.

    18 de junho de 2010 às 22:57

  4. Marcelo

    Eu acho que não dá para pensar nos dois extremos. Não acredito que os homens sejam maus desde o nascimento e não possam mudar suas crenças ao longo da vida. Também não acredito num ser puro, que se viver numa bolha será puro até sua morte. Um exemplo disso são pessoas que nascem nas favelas, um ambiente que abre muitas oportunidades de dinheiro fácil e não muito dignas, e se tornam pessoas de bem. No outro extremo também vemos filhos de pessoas boas, que convivem com pessoas boas, mas que por incentivos pequenos se desvirtuam. Ou seja, Eu acredito que as pessoas nascem com uma pré disposição para alguns assuntos, e dependendo dos acontecimentos da vida essas disposições se tornam fato concreto, e cabe ao livre arbítrio da pessoa escolher pelo caminho bom ou mal, e esta escolha não depende somente da educação e do ambiente em que vivem, mas também de suas pré-disposições que são inerente ao seu ser.

    21 de junho de 2010 às 19:50

  5. Filipe

    Na verdade o homem ele nasce sem saber onde vai nascer, de que forma ira nascer e como sera criado. Portanto sem nenhuma expectativa .
    Logo a sociedade o corrompe, o fato é que a sociedade é feita de homens. Paradoxo relevante… nao?

    Se o homem faz parte da sociedade, entao os próprios se influenciam.

    27 de janeiro de 2011 às 13:28

  6. Todos nós desejamos ter um caráter aprovado. Todos nós queremos agradar e sermos agradados. Por isso, ficamos esperando saber as normas para começar a praticá-la.
    Não adianta falarmos de caráter e conduta, se nós ainda não nos apropriamos do pleno suprimento de Deus para nós: a libertação do “velho homem” do poder do pecado, da nossa justificação e regeneração em Cristo, da dependência completa do Espírito Santo e o andar no Espírito. Todos nascemos em iniquidades e fomos formados em pecado (por causa de Adão). Todos temos por nascimento uma natureza caída, que nos acompanhará ou não por toda a vida (Rm 5.12). A natureza caída do homem não está em harmonia com nenhuma das coisas do mundo e do SENHOR. (Cl 5.17).
    O cristão necessita do tratamento de Deus em sua vida porque possui áreas escondidas, em sua existência, que devem ser reveladas. Deus deseja revelar estas áreas escondidas, de maneira a nos ajudar a crescer. O nosso interior é curado, tratado, e nosso caráter é formado através dos tratamentos de Deus nas nossas vidas.
    E qual o porpósito de Deus no tratamento ? Transformar o ser humano à imagem de Jesus Cristo. A palavra “transforma”, no grego “metamorphos”, significa: mudança completa de um formato em outro. É a raiz da palavra científica para descrever o processo de transformação de uma lagarta em borboleta. Esse processo leva tempo e gasta energia. A lagarta muda de um formato para outro completamente diferente.
    O cristão também precisa passar por uma metamorfose a cada dia. O cristão que segue ao Senhor, e responde positivamente, tem mais e mais de sua natureza restaurada e transformada à imagem do Senhor Jesus. Porque Jesus disse: ” Vinde como estais ?”
    Porque Ele quer nos tratar, sabe da nossa natureza adâmica, conhece os nossos conflitos e anseios, e quer limpar toda a sujeira do nosso interior, nos tornar puros, lavar e limpar as nossas vestes, para que possamos produzir frutos em nossas vidas.
    E esses frutos, bons e saudáveis, irão alimentar outros, em conduta de vida, transformações e bem estar. Portanto, todo caráter é desenvolvido, pelo por curador de Jesus Cristo. Amém.

    7 de novembro de 2011 às 18:08

  7. Rosemary

    O homem pode escolher ser um personagem do meio em que nasce (conformar), tentar transformá-lo ou, simplesmente, fugir dele. Como nascemos independe do meio e é isso que nos fará marcar uma das alternativas.

    4 de fevereiro de 2012 às 13:10

  8. silvana

    O homem não nasce mau,tanto que a criança é ensinada desde pequena se vc ensina que ela tem que dividir,assim ela aprende,se ela não divide e as pessoas deixam que assim aconteça,dessa forma a criança aprende e vai moldando seu caráter,sua personalidade,se ela vive em um ambiente que ninguem estuda,ninguem valoriza leitura,por exemplo,dessa forma ela também não valorizará e assim vai sendo moldada,ela não é cobrada em nada,ficará uma criança sem compromisso com nada e por conseguinte um adulto assim também,porém isso é a regra geral,para tudo existem exceções,mas de uma forma geral é isso.Ao meu ver o homem é sim,com exceções,produto do meio e ele não nasce mau não,ele se torna aquilo que convive.E isso de pecado original Adão e Eva e pura utopia,não existe.Todas as estorias da biblía foram criadas para que o clero mantivesse a classe pobre e os plebeus sobre seu domínio,uma vez que a mesma não tinha instrução e era facilmente dominada com essas estorinhas.Quanto a isso é só pesquisar.Deus deve existir,mas não do modo como colocam,talvez exista…

    15 de junho de 2012 às 12:09

    • Só agora li os posts mas vc foi a que mais se aproximou do meu ponto de vista.
      o Homem é produto do meio sim, claro com exceções. Deus não tem nada a ver com isso que está escrito na Bíblia…. até mesmo porque a Bíblia é humana, escrita por humanos, portanto todos já influenciados pelo meio em que viviam….

      4 de janeiro de 2014 às 2:04

  9. rhi

    com certezao homem é que é corrompido pelo meio galera. nos nascemos sem nada saber, como uma tabua rasa ou uma esponja pronta p/ absorver algo, e o meio em qual a gente cresce na infancia que determina o que será de nós e de nossas atitudes no futuro. a gente não nasce com personalidade propria ou identidade, ela se cria pela convicencia com outros, e no perioso critico de desenvolvimento o meio ao nosso redor determina o que será de cada um. hj em dia vcpega um adulto ou até uma criança e se pergunta pq meu filho é assim?! ou meu pai, namorado…tudo reflete do ambiente em q se viveu. ate pais podem ensinar os filhos a serem viciados sem saber, como em cigarro ou bebida, se uma criança cresce vendo q o adulto pode fazer e q aquilo é aparentemente inofensivo, te relaxa, t faz rir com amigos, t dexa fugir da realidade, qndo fizer 18 ou ir p/ adolescncia não tem q tire da cabeça dele q beber ou fumar é uma coisa boa, e daí vai p otras coisas. ou q ouviu muito chingo dsnessario dos pais, falta de compreendimento, dialogo e tal, cresce e virá um grosso, ignorante sem saber…

    12 de julho de 2012 às 19:00

  10. Gabriela Fernanda

    O Homem não é influenciado, é a sua natureza que determina que caminho ele seguirá, bem ou mal? Dependerá de sua natureza. Rosseau diz que, o homem nasce bom, mas a sociedade o corrompe, enquanto Locke diz que o estado de natureza do homem é mau, nem podemos dogmatizar nem um extremo nem outro, e sim neste caso ponderar em uma balança, usando a zetética e a Dogmática, como dizia Kant, nem um nem outro e sim a critica da razão pura. Podemos conciliar estas duas teorias,comparando o homem a espécie animal. Se compararmos o homem a espécie animal veremos que, enquanto alguns animais facilmente se permitirão serem domesticados, e tomarão o minimo de conduta correta para se viver em sociedade, outros nunca permitirão tal coisa, porque? A sua natureza grita pela Ilicitude, e é fácil de notar esta tendencia desde a infância, certamente tendenciarão para condutas que a sociedade reprova. Estas pessoas de natureza descontrolada, podem ter o melhor ensino, a melhor família, formação, emprego, etc… Sempre quebrarão o padrão de normas sociais, isto prova que não a possibilidade de influencias externas. Certamente é possível a aceitação dessas duas teorias em correlação.

    23 de julho de 2013 às 15:05

  11. João Hnerique

    E quanto ao conceito de “tabula rasa” em John Locke? Para ele, todas as pessoas nascem sem conhecimento algum ( a mente é, inicialmente, como uma “folha em branco”), e todo o processo do conhecer, do saber e do agir é aprendido através da experiência.

    15 de setembro de 2013 às 18:34

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.